quarta-feira, julho 18, 2007

Publicidade Pixel

Alex Pew, um universitário inglês de 21 anos, tornou-se em 2005 o primeiro magnata dos pixéis. Em apenas quatro meses, a ideia de vender publicidade online em pequenos blocos de pixéis, rendeu-lhe quase um milhão de dólares.

Graças à
Million Dollar Homepage, Alex Tew fez a primeira fortuna com a venda de pixéis.No mês de Agosto, preparava-se para se matricular na Universidade de Nottingham e precisava de conseguir algum dinheiro.Fazendo jus ao ditado «a necessidade aguça o engenho», o jovem britânico teve uma ideia insólita: vender pixéis na sua página web. Se melhor pensou, melhor o fez, e, em apenas algumas semanas, está prestes a conseguir o seu primeiro milhão de dólares (cerca de 843.000 euros).

Com apenas 21 anos, Alex Pew tornou-se «o primeiro milionário dos pixéis», sendo já autor de uma ideia que é um dos case studies estudados nas pós-graduações da sua universidade e o seu aluno mais famoso. Nos primeiros dias tinha vendido 943 mil blocos de pixéis na sua página, faltando-lhe 56.700 para atingir os seus objectivos. Com os espaços publicitários a venderem-se a uma média de 7.500 por dia, o autor do negócio estimava, que em três semanas, a sua página tivesse «lotação esgotada».

O modelo de negócio é simples, embora, à primeira vista, pareça absurdo. Alex Pew começou por dividir a sua página num milhão de pixéis, decidindo depois vendê-los em blocos com o mínimo de 100 pixéis (10x10), a um dólar o pixel. Contas feitas, quando o espaço publicitário estivesse todo vendido, ele teria facturado um milhão de dólares. A página ficaria então «congelada» no tempo, durante pelo menos cinco anos, como se fosse «um pedaço da história da internet, um retrato dos nossos dias», garante o estudante. «Sabia que o negócio tinha potencial e que iria ganhar algum dinheiro com ele, mas o sucesso deixou-me surpreendido», garantiu ao jornal «El Pais». «Cobro-os a um preço bastante elevado. Mas isso combina com o nome da página. Fui o primeiro a explorar a ideia e, apesar de terem surgido imensas imitações, as pessoas preferem participar no site original», garante.

Os seus primeiros clientes foram amigos e familiares, mas a auto-promoção e o «passa a palavra» em fóruns de discussão, blogues e via e-mail, ajudaram a tornar o projecto conhecido. Não demorou muito até que a página despertasse o interesse de empresários, trabalhadores independentes e artistas. Hoje, o site parece um quebra-cabeças ou uma manta de retalhos, tal é a quantidade de ícones em miniatura que ali se pode encontrar. Mas quem anuncia garante que o investimento é seguro.

O blogue I4U adquiriu um espaço de 200 pixéis, em Setembro, e garante que as visitas que conseguiu compensaram largamente o investimento. Em apenas 2 dias, receberam 1.500 cliques a partir da página, que é visitada em média por 600.000 utilizadores únicos por dia.

Em 2007 o mesmo Alex continua a inovar: www.pixellotto.com!

Noticia retirada de : www.mundopt.com, enviada pelo meu aluno Miguel Monteiro do ISLA

0 Comments:

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home