segunda-feira, janeiro 19, 2009

AYR Consulting já é realidade

Meios & Publicidade
19 de Janeiro de 2009
Luís Rasquilha abre consultora de tendências e agência de meios terrorista
19 de Janeiro de 2009, por
Rui Oliveira Marques
http://www.meiosepublicidade.pt/2009/01/19/luis-rasquilha-abre-consultora-de-tendencias-e-agencias-de-meios-terrorista/

Luis Rasquilha está a montar com um grupo de seis sócios, que prefere não identificar, a Ayr, a Science of the Time Consulting. O projecto conta com o suporte da Science of the Time. Esta rede de tendências tem origem em Carl Rohde, professor universitário especializado em Sociologia do Consumo. “É a maior network do mundo em pesquisa de tendências”, sustenta Luís Rasquilha, justificando com os 500 colaboradores espalhados que reportam à sede as tendências que se estão a manifestar nas suas cidades e que depois são cruzadas com os estudos académicos.

O acordo com a consultora holandesa implicou Lisboa poder desenvolver negócio em África, na Europa de Leste, excepto Rússia, e na América Latina. É por isso que a Ayr nasce com uma ambição internacional: “Temos dois projectos consolidados, uma para o Leste, outro para a América do Sul. A perspectiva é de Lisboa para o mundo. Mas o primeiro impacto será com as marcas nacionais.”

A Ayr irá actuar no research, podendo identificar produtos ou serviços que estão hoje a manifestar-se de forma incipiente no subconsciente dos consumidores, na consultoria, propondo novos modelos de negócios, novas marcas ou novos produtos e no training. A apresentação oficial da consultora vai decorrer no próximo mês e contará com a presença de Carl Rohde. A expectativa de facturação está nos 150 a 200 mil euros em 2009 e tem como objectivo um milhão no prazo de três a quatro anos.

O plano não fica por aqui. “Se queremos ser uma consultora transversal e queremos ir para o terreno, faz sentido ter uma ferramenta para que as marcas ganhem visibilidade no mercado. A United Media surge como braço de apoio, que se posiciona como agência de media terrorista. Não vamos estar a fazer a página simples ou o anúncio de rádio”. O responsável pelo projecto explica o âmbito do negócio: “O tradicional é fazer segmentação pela Marketest, mas temos de encontrar outras formas de chegar ao consumidor. Pode ser Messenger, capas de telemóveis ou Hi5.” Para a United Media, não há, por enquanto, expectativas de facturação.

No fim de 2008 Luís Rasquilha, que continua a dar aulas no INP, deixou as actividades em que estava envolvido: a direcção geral da Etic e a direcção de marketing da Multipublicações, ficando como assessor da administração.(mais informações na edição de papel do M&P desta semana - 16Janeiro2009).

6 Comments:

Blogger Xuva de Sensacões said...

Olá Professpor Luís,

Gostei de o ver no INP, ainda que por breves minutos. Não sei como é que 2m de altura se conseguem escapulir tão rápido... :)

Espero que corra tudo bem neste novo projecto. E já agora informo que vou aventurar-me por terras de Rainha Isabel II... Se precisar saber mais sobre o "cosmomercado" de uma das cidades mais cosmoplitas do mundo (Londres), lá estarei com toda a "cosmopresença".

Cumprimentos,
Alexandra da Silva
Ex-aluna INP

6:26 da tarde  
Blogger Omegalomaniak said...

A um grande professor e empreendedor, os meus parabéns por mais um projecto que com toda a certeza será bem sucedido.

Vasco Alves

11:14 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Como te disse há pouco, não é novidade para mim, há muito que sei que és um verdadeiro terrorista! ;P
Desejo-te tudo assim em grd, como nós somos ;)
ojieb

6:55 da tarde  
Blogger Maria Spínola said...

Viva Luís,

Vou estar atenta... bem na verdade bastante atenta, pois sou maluca por novas tendências :-)


Muito Obrigada e podes contar comigo no que eu te puder ser útil.

Maria Spínola
http://www.crescimentoempresas.com

2:25 da manhã  
Anonymous Verónica Rodrigues said...

Que mal têm as segmentações da Marktest e a "velhinha" Televisão, hein?
Não, tens razão, a forma como recebemos as mensagens hoje em dia pode e deve ter também outras configurações.
Há mais pontos de contacto, mas continuamos a ser um país de TV Addicteds... n'est ce pas?

;)

2:41 da tarde  
Anonymous Ana Vieira said...

Olá, boa noite.
Sou estudante de gestão de empresas, no instituto Politécnico de Tomar, onde hoje ouvi uma conferencia com o Excelentissimo Sr. Dr. Luís Rasquilha. Adorei a conferencia e acho que os meus colegas em geral também, é muito bom poder contar com pessoas como Vossa Excelencia para nos transmitir ideias e conceitos acerca do mundo actual.
Acho que a sua exposição contribuirá e muito para o nosso futuro.
Os meus cumprimentos
Ana Vieira

11:41 da tarde  

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home