quinta-feira, janeiro 03, 2008

Empresas, Equipas e Pessoas

Uma empresa é como equipa.

É formada por pessoas, tem uma estratégia, um conjunto de objectivos e determinados argumentos/ferramentas para os atingir.

Tem um conjunto de jogadores, uns mais titulares que outros, uma equipa de apoio (técnico, físico, psicológico, imagem, etc.) e uma equipa de líderes com o seu treinador à cabeça.

Quando entra em campo, qualquer equipa tem de dar o seu melhor. Mas não chega apenas esforço e empenho. Há que reflectir, em campo, todo o resultado dos treinos, dos automatismos, dos ensaios, dos testes e do sem número de tentativas que se faz até se poder, com segurança, afirmar que se está pronto para enfrentar a equipa adversária.

Só os melhores jogadores, mais bem preparados, mais capazes e mais empenhados numa evolução constante das suas carreiras podem sonhar chegar mais longe, carregar as suas equipas e ser referência de gerações. Só os melhores vencem.

Para se um jogador de primeira linha, formação contínua, empenho, talento e, claro, alguma sorte, são fundamentais. As equipa de sucesso fazem-se de jogadores de sucesso, porque as equipas são jogadores e os jogadores são pessoas.

Se assim é nos jogos, seja em que tipo de desporto for, nas empresas esta verdade é ainda mais inquestionável. São as pessoas que fazem as empresas e os seus resultados. E as melhores pessoas, vulgo, os colaboradores fundamentais são aqueles que, tal como o jogador, estão em constante movimento, na busca da perfeição, da modernização e da formação contínua.

Cada vez mais a formação ao longo da vida assume relevância capital na capacidade de evolução de cada um de nós como pessoas e profissionais. Formação, formação, formação. Cada vez mais presente, obrigatória e crítica no sucesso das empresas e dos seus profissionais.

0 Comments:

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home