sábado, março 31, 2007

Semana da Comunicação INP - Participação Obrigatória Alunos INP

Caros alunos,

Como sabem a Semana da Comunicação do INP aconteceu entre 26 e 30 de Março, tendo terminado com o jantar anual da Comunidade INP - Antigos e Actuais alunos.

Como foi pedido aos alunos das turmas 1ºB, 1ºC, 2ºA, 2ºC, 3ºC e 4ºC do curso de RPP é obrigatória a participação neste post com uma opinião de 10 linhas no máximo (identificada com nome e turma no fim) sobre este evento.

Transcrevo a reportagem brilhantemente feita pelos alunos da organização da semana (todos de parabéns, sem excepção) que resume o que foi tratado.

O objectivo é que cada um dê uma visão do que foi este momento importante na vida do INP, pois revelou uma nova fase da Universidade, fase que se quer cheia de energia e futuro risonho. As vossas opiniões devem versar sobre o que foi comentado, discutido e apresentado em cada dia da semana.

Boa sorte.

Dia 1

Arrancou da melhor forma o primeiro dia do ciclo de conferências da Semana da Comunicação do INP. O tema deste ano é “Comunicação: Função de Gestão”.
O Dr. Carlos Vieira, Administrador-Delegado do Grupo ENSINUS, referiu-se ao INP como “uma identidade muito forte, uma marca muito grande”. Referiu-se ainda a esta semana como sendo um evento que é importante manter para o futuro.
O Dr. Alexandre Safont Tavares, actual Director Geral do INP, após o agradecimento a todos os presentes, ressalvou a importância da merecida homenagem a “um dos nossos mais distintos professores desta casa”, Professor Américo da Silva Ramalho. Esta homenagem surgiu-nos pela voz emocionada do moderador da sessão, Professor Nuno Goulart Brandão, onde fez uma breve apresentação do percurso académico, bem como do profissional, referindo que esta era “uma humilde e sentida homenagem”.
Esta distinção foi recebida pelo próprio como sendo “um acto muito bonito”. Recebeu das mãos do Dr. Safont Tavares uma lembrança institucional em reconhecimento por todo o seu esforço e dedicação ao INP e às Relações Públicas. Com carinho, o Professor Américo Ramalho desejou aos estudantes presentes no auditório a continuação de “brilhantes estudos”, a confirmar a postura construtiva que sempre assumiu ao longo da sua carreira.
A este propósito o professor Nuno Goulart Brandão referiu que “o Professor Américo Ramalho sempre conseguiu na sua vasta experiência vida profissional e académica, ser um exemplo ético, de referência para todos os que lidaram com ele. E, por isso posso mesmo afirmar, que o seu exemplo e os seus ensinamentos, ainda são hoje a nossa base conceptual de referência, e sempre serão, pois fez Escola única no campo das Relações Públicas em Portugal.” Referiu, também, que “estes curtos mas esclarecedores traços de personalidade e de conduta profissional e ética fazem deste Grande Homem – um bom exemplo que devemos ter sempre presente, como referência, no passado, mas também no presente e para o futuro INP.
O Dr. José Carlos Abrantes iniciou a sessão.No ano em que se assinalam os dez anos da Provedoria do Diário de Noticias, o Professor José Carlos Abrantes abordou vários temas, começando pelo facto de ser Provedor há três anos. Salienta, já no fim do seu mandato como provedor (que termina no próximo mês), que foi com muito agrado que desempenhou esta função. “Para mim tem sido uma tarefa surpreendente”, disse, mas salientou também o facto de terem existido alguns percalços, pois é uma função que implica uma certa conflitualidade.As suas funções como Provedor implicam estar atento às reclamações e dúvidas dos leitores, fazer uma análise crítica dos media e conceber uma crónica sobre as criticas e e-mails que chegam dos leitores. Realçou que o Provedor não pode imediatamente agir, pois tem de ouvir os jornalistas visados nas reclamações, tendo estes 72 horas para responder às acusações de que são alvo.No fim da sua intervenção, fez um balanço positivo da actividade que exerce. O site através do qual as crónicas por si publicadas podem ser consultadas, bem como outras informações que suscitem interesse por parte dos leitores, está disponível em http://www.josecarlosabrantes.net/.
Dr. José Nuno Martins, Provedor do Ouvinte foi o segundo convidado a prosseguir a sessão. As suas primeiras palavras foram de apreço para com o INP, referindo o seu agrado por esta sua segunda presença em eventos do Instituto. Depois, abordou a sua actividade enquanto Provedor do Ouvinte, função para a qual fez questão de trabalhar numa base sistemática de recolha de dados que permitissem uma correcta compreensão e gestão da função. Deste modo, faz parte das suas tarefas entregar anualmente um relatório sobre a sua actividade, relatório este que é obrigatoriamente divulgado na RTP (disponível na íntegra em http://www.rtp.pt/wportal/grupo/provedor_ouvinte/ ) O relatório está dividido em três partes, Fundamentação, Quadros e Apreciações e Conclusões Finais. Na fundamentação da sua actividade e da função que exerce, destacam-se as noções de Rádio enquanto contrato de comunicação; o Serviço público enquanto serviço que elege como destinatário o Ouvinte-Cidadão; a caracterização deste ouvinte como alguém sempre disponível, que quer ouvir tudo, em qualquer parte, que não se sente excluído, é exigente e que é ele quem paga. J. Nuno Martins distinguiu a partir daqui que o Serviço Público é conseguir sempre tudo, em todo o lugar, para todos e em especial a quem paga. Neste contexto o papel do Ouvinte-Cidadão é mais do que ouvir. Não fica indiferente, procura aproveitar e reelabora o que ouve; a ideia segundo a qual os profissionais de Rádio são elementos activos e conscientes do Ouvinte-Cidadão na elaboração do serviço radiofónico; o lugar do Provedor do Ouvinte, que deve atender à perspectiva do Ouvinte-Cidadão e assegurar a fiabilidade do serviço público, pela credibilidade dos profissionais, sua ética e deontologia.A acção do Provedor do Ouvinte consiste em “escrever, produzir, realizar e apresentar o Programa Semanal” a partir do conteúdo do quotidiano da interacção com o público. Ao longo do seu discurso, José Nuno Martins referiu algumas das queixas que recebe diariamente, tendo como exemplo: queixas relativamente à língua portuguesa, horário em que passa o Programa do Provedor, bem como algum tipo de música inadequado em determinadas estações.
O Dr. José Nuno Martins concluiu a sua intervenção salientando que “é com muito orgulho que desempenho quase no final de carreira estas funções de Provedor”.
O Professor José Manuel Paquete de Oliveira, Provedor do Telespectador foi o terceiro e último convidado a intervir e começou por afirmar que “a provedoria surgiu quando se sentiu a necessidade de criar instâncias para se gerir o público anónimo, uma vez que se sentia alguma dificuldade em fazê-lo”. Para o provedor, esta não é uma “instância de auto-regulação”, mas sim uma “instância promotora de auto-regulação” e preparou-se para o cargo de provedor, com a leitura de relatórios e textos, baseando-se em duas definições: “ Mediatore”e “ El difensore del público”. O papel do provedor “é tentar insistir, insistir para que haja, porventura, algum tipo de alteração, modificação” nas situações que se apercebam serem menos correctas. Para o conhecido Professor, e em jeito de balanço estratégico, existem três pilares da actividade da provedoria do telespectador: como primeiro pilar, foi referido o Forte contacto com os telespectadores - há uma forte interacção com o telespectador, através da recepção de e-mails e mensagens; seguidamente o programa “ Voz do Cidadão” e por último, as mensagens dirigidas aos Directores de Informação ou de Programação (“Contacto para dentro”). Na sua função, o Professor José Manuel Paquete de Oliveira efectuou um estudo sistemático relativo ao cariz e tema dos contactos recebidos até 31 de Dezembro de 2006. Um dos aspectos positivos realçados foi o facto de as mensagens recebidas não serem apenas queixas, mas também críticas, aplausos e sugestões. O maior número de mensagens é alusivo a queixas acerca da programação, nomeadamente sobre atraso nos horários e alterações de última hora. Por outro lado, o menor número de queixas prende-se com assuntos sobre a temática religião.Até 31 de Dezembro de 2006, o Provedor do Telespectador recebeu 9120 mensagens (em França, para um período de tempo semelhante, foram recebidos 800 mensagens). A resposta é, nalguns casos, dirigida a um indivíduo, caso se justifique. Outras vezes, quando são assuntos de interesse colectivo, responde ao grupo de indivíduos que partilha o mesmo interesse temático. O Professor Paquete de Oliveira concluiu a sua apresentação indicando que “os Provedores existem para tentar promover a cidadania” e que “os cidadãos podem ser mais críticos para modificar a televisão em geral”. Está disponível para consulta a página de Provedor do Telespectador em http://www.rtp.pt/wportal/grupo/provedor_telespectador/ O Professor Nuno Brandão, no seu papel de moderador, realçou a importância histórica do momento pelo facto de esta ser a primeira vez que se juntaram num mesmo espaço, a título de conferência, os três Provedores dos três meios.

Dia 2

O segundo dia desta maratona de conferências tratou o tema “O Desporto como Veículo da Comunicação de Marca”. O Professor José Rui Reis como moderador do debate fez uma pequena introdução aos três convidados desta sessão: Dr. Nuno Teles director de marketing da Centralcer, Dr. Victor Vasques Presidente do grupo Grey e por último o Dr. António Carlos Ramos Director de Marketing da Liga Portuguesa de Futebol, substituindo o Dr. Hermínio Loureiro devido a um imprevisto de última hora.
Victor Vasques iniciou a sua intervenção dizendo que “o desporto é um vector muito importante” para as marcas, pois estas “associam-se ao desporto pela necessidade de atingir notoriedade, mobilidade e transferência de valores”. Afirmou ainda que as marcas se associam ao desporto através de quatro elementos fundamentais: o desportista (como, por exemplo, Figo), o desporto (Fórmula 1), o evento (Campeonato do Mundo) e o recinto desportivo (Estádio). Esta associação verifica-se porque existe um elevado nível de “envolvimento do consumidor com o desporto” revelando ainda que o sucesso desta associação “é tão mais forte quanto mais envolvida está a marca e mais relevante é a associação”.
O Dr. Nuno Teles, foi o segundo orador a discursar. Os catorze anos de história da relação entre uma marca e o Desporto-Rei, a Sagres, foram a temática predominante do seu discurso. Em 1993, a Sagres detectou a oportunidade de se juntar ao futebol, numa altura em que tinha sido ultrapassada pelo principal concorrente e em que a Selecção Portuguesa de Futebol também não passava um bom momento relativamente a resultados. Esta junção entre estas duas entidades, a Sagres e a Selecção Portuguesa de Futebol, deu lugar à maior associação entre uma marca não-desportiva e o futebol, sendo mesmo a chave do sucesso que hoje podemos verificar em ambas. Este é sem dúvida um exemplo de excelência de Marketing Desportivo existente no mercado nacional. A primeira campanha, que define o posicionamento da marca, assenta na ideia de “Portugalidade”, ou seja, a Selecção não é apenas a de futebol mas a de dez milhões de Portugueses. Por isso mesmo, esta é novamente a aposta de sucesso da marca na sua nova campanha, recentemente apresentada à comunicação social, onde foi recuperada a ideia das Quinas, sendo desta forma uma homenagem à época dos Descobrimentos.Porquê a importância da Selecção? O Director-Geral de Marketing da Centralcer referiu quatro aspectos fundamentais: a dimensão da audiência; a criação de sentido de pertença/identificação; o despertar emoções e o sentimento de afirmação, onde surge novamente a ideia de “Portugalidade”.
A sua intervenção prosseguiu com a passagem em revista de catorze anos de apoio estratégico à Selecção, nomeadamente com a apresentação de algumas campanhas publicitárias.Como exemplo de Marketing Desportivo, Nuno Teles apontou o facto de em 2005 ter nascido a “Sagres Zero” porque apesar desta associação de longos anos ao desporto, não existia uma bebida que pudessem vender nos Estádios de Futebol, sendo que esta é hoje líder no mercado, ao conciliar a saúde com o sabor. António Carlos Ramos, Director de Marketing da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, começou por referir que “o INP é o sítio correcto para tratar deste tema – Desporto”, uma vez que esta é uma das áreas onde o emprego qualificado pode e deve existir, num alusivo incentivo à área da Comunicação Desportiva. Na sua intervenção focou os aspectos estratégicos centrando-se no documento que deu suporte entre a Liga de Clubes e a Betandwin. Dirigiu a sua intervenção através da apresentação dos bastidores da Conferência de Imprensa da “Betandwin”, onde deu a conhecer alguns dos pormenores deste evento, realçando os seus aspectos estratégicos e tácticos na relação com a Liga de Clubes.Esta segunda conferência terminou com um leque de questões colocadas pelo público aos intervenientes. No final, o moderador José Rui Reis salientou que “o desporto é sem dúvida uma área de aposta da comunicação (…) área que não se pode descurar” e que “foi bastante gratificante este debate” sobre um tema que interfere bastante com a sociedade e mercados nacionais, o Desporto mas, principalmente, o futebol.

Dia 3

Neste dia reservado à Comunicação Financeira os convidados foram o Dr. Miguel Lemos, Partner da Vestigo Consulting, o Dr. Luís D’Eça Pinheiro, Director de Comunicação, Sustentabilidade e Relações com os Investidores da Brisa e também, o Dr. Pedro Guerreiro, Director do Jornal de Negócios.
O Dr. José Quintela, moderador da sessão, fez um breve enquadramento temático, focando as Relações Públicas no quadro da Gestão Financeira. O Dr. Miguel Lemos fundamentou a sua apresentação em dois pontos fulcrais: de um lado, a Empresa (que precisa de financiamento) e de outro os Investidores (que precisam de retorno), sendo que nenhum deles poderá existir sem o outro. Referiu ainda que a Comunicação Financeira na sua génese é “ transformar números em letras e letras em números” e para que exista retorno é importante que a empresa apresente estabilidade. Fez ainda uma abordagem a alguns termos técnicos, usados na área da Gestão Empresarial, que caracterizam a Comunicação Financeira em toda a sua amplitude.
Foi também abordada a ligação existente entre Empresas e Investidores, no que concerne à informação e confiança. A partir daí, a Informação que deve ser prestada aos Investidores e Confiança que terá ser retribuída à Empresa, de modo a que se estabeleça um ciclo duradouro, dinâmico e rentável entre as partes.
A sessão prosseguiu com o Dr. Luís D’Eça Pinheiro, que fundamentou a sua apresentação na “Relações com Investidores”. Realçou que a área do Marketing Financeiro está num “ambiente muito competitivo”, devido às inúmeras alternativas de investimento, tais como fundos, obrigações ou depósitos. O target específico da Comunicação Financeira são analistas, investidores, autoridades e agências de informação especializada. Na Relação com Investidores existem vários instrumentos de comunicação mas acima de tudo deve ser privilegiada a comunicação directa. Passando da teoria à prática, apresentou a sua experiência relativamente à relação com investidores na Brisa, definindo-a como “muito intensa”, com o objectivo de “bater a concorrência”, sendo que para tal desenvolvem vários actividades como Eventos Formais ou Eventos de Relações Públicas.
”Falamos a mesma Língua”? Foi esta a frase introdutória ao discurso do Dr. Pedro Guerreiro. A sua apresentação fundamentou-se no Jornal onde participa (e agora dirige) desde o seu início (1997) até aos dias de hoje, passando por vários pontos como a sua curiosa história. O “Jornal de Negócios” foi o primeiro a surgir em suporte online e só depois impresso. Realçou também, o tratamento que nesta redacção é dado a cada notícia com o objectivo de atingir um leitor especializado e ao mesmo tempo o leitor dito generalista. Na redacção composta por cinquenta e seis pessoas, assumem-se acima de tudo como “uma redacção de economia, que também, tem um jornal”. Deu-se de seguida o debate entre o público e os convidados onde se discutiram ideias relacionadas com obrigatoriedades, transparência, os tipos de fonte (oficiais e não oficiais), bem como a lealdade recíproca.

Dia 4

O quarto dia desta “Semana da Comunicação do INP” teve como convidados o Professor Doutor Luís Vicente, Membro do Millenniun Ecosystem Assessment e Investigador na Faculdade de Ciências de Lisboa; a Engenheira Cristina Tomé, Manager da KPMG e por último o Engenheiro João Reis, Presidente do Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania (GRACE). A moderar a sessão esteve o Dr. Luís Poupinha, que tal como os anteriores moderadores, fez um breve enquadramento ao tema e apresentação dos convidados.
O Dr. Luís Vicente fez a sua apresentação abordando diversos temas que estão presentes na nossa actualidade. Falou acima de tudo acerca do estado do planeta, do “passado, presente e futuro da Vida na Terra”. Kofi Annan, Secretário Geral das Nações Unidas em 2000, solicitou uma avaliação dos ecossistemas da Terra para o Terceiro Milénio e assim nasceu a Associação “Millennium Ecosystem Assessment”, com o objectivo de erradicar a fome e a pobreza, atingir a educação básica universal, assegurar a sustentabilidade ambiental, bem como desenvolver uma parceria global para o desenvolvimento. Esta sua apresentação surgiu como uma forma de fazer passar uma mensagem de preocupação para com a alteração progressiva dos ecossistemas, esta que é uma realidade presente nos dias de hoje e a qual não poderemos ignorar.
O Professor Luís Vicente apresentou um vasto estudo, o qual, sendo de interesse mundial, justifica colocar algumas ideias dominantes do mesmo e que fazem reflectir: “A produção necessita de aumentar para satisfazer as necessidades de mais de três biliões de pessoas nos próximos trinta anos”; “um terço da população mundial tem falta de água” e “a madeira é a única fonte de combustível para um terço da população mundial”. Isto significa repensar os processos de solução destes aspectos, na relação com os ecossistemas. Acima de tudo devemos ficar cientes de que “o bem-estar humano está dependente do bem-estar do Planeta” e por isso mesmo, para o seu bem-estar, aconselhamos que por uns instantes dê uso ao maior meio de comunicação global que é a Internet, na página
www.millenniumassessment.org e www.ecossistemas.org.
O interveniente seguinte foi a Engenheira Cristina Tomé, que iniciou a sua apresentação falando um pouco do ecossistema das empresas. A KPMG, na qual é Manager, é uma empresa essencialmente de auditoria com projectos na área da sustentabilidade, que em Portugal está ainda pouco desenvolvida. Como tal, o Desenvolvimento Sustentável define-se como uma “Forma de progresso que satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de satisfazer as próprias necessidades”. A KPMG elaborou um inquérito, a nível nacional sobre a publicação de relatórios de sustentabilidade, o qual foi enviado às quinhentas e trinta e seis maiores empresas em Portugal, obtendo apenas cento e três respostas, das quais somente dez são empresas cotadas na bolsa. No entanto, é de referir também que das respostas obtidas apenas 34% empresas publicam relatórios de sustentabilidade. Em Portugal, as empresas publicam relatórios financeiros mas no que respeita a relatórios acerca de impacto ambiental, tal como: quanto consomem de papel, água ou luz, “ainda há um longo caminho a percorrer…”, disse a especialista da KPMG.
O eng. João Reis foi o último orador da noite, referiu que a GRACE é “uma organização pioneira dedicada à problemática da Responsabilidade Social das empresas”. Fundamentou o seu discurso transmitindo a mensagem do que significa, na realidade, a Responsabilidade Social, definindo-a como um “olhar para a empresa como algo organizado, que considera o seu lucro do ponto de vista económico, ambiental e social”. Para que exista uma comunicação socialmente responsável por parte das empresas é necessário que três valores estejam implementados: transparência, ética e diálogo constante com os stakeholders.O Dr. João Reis assumiu que “o mais importante bem da companhia (empresa) são as pessoas (…) é preciso inovar com um profundo respeito entre todos nós e acreditar na diversidade”. Nota: Devido a não ser possível disponibilizar neste blog a apresentação em power point, do Professor Luís Vicente e do Engenheiro João Reis, todos os interessados poderão solicitar as mesmas através de: semanacomunicacao.inp@gmail.com

Dia 5
O último dia desta edição da Semana da Comunicação terminou da melhor forma com a apresentação de dois casos práticos de sucesso, no panorama nacional, a Red Bull e a YDreams. A moderação esteve a cargo dos Professores Luís Rasquilha (Red Bull) e Nuno Brandão (YDreams). Como convidados, por parte da Red Bull tivemos o Dr. Pedro Silva Nunes, Director Geral da Red Bull em Portugal e a Dra Renata Prado, Directora Criativa da Kastner & Partners em Madrid, que se deslocou propositadamente a Portugal para esta apresentação no INP. Na segunda sessão esteve presente o Professor Doutor António Câmara, CEO da YDreams.

Sessão Red Bull
A sessão Red Bull foi marcada pela interacção entre os oradores, Dr. Pedro Silva Nunes e Dra Renata Prado, referiram que a Red Bull foi o “lançamento de maior êxito no segmento de bebidas da última década, abrindo o segmento de bebidas energéticas”. A Red Bull destina-se essencialmente para “qualquer pessoa, em qualquer lugar, para quem precisa de energia”.
A Publicidade serve como missão para construir a imagem e a notoriedade da marca, utilizam também o Sampling como uma das principais formas de comunicação, tal como os diversos eventos desportivos e culturais.
Esta marca jovem e irreverente mas que também se assume como “transgressora” patrocina atletas que estejam em início da sua actividade para desta forma lhes possibilitar um melhor desempenho/performance, ao contrário de outras grandes marcas que se associam a atletas já com um percurso reconhecido perante o público.
Esta apresentação foi extremamente prática, uma vez que foram apresentadas diversas campanhas da marca e ainda os vários eventos Red Bull, os quais têm “uma aderência de público impressionante”.
A Red Bull destaca-se no mercado das bebidas energéticas, não só devido à sua irreverência mas acima de tudo porque é uma bebida que “revitaliza corpo e mente”.

Sessão YDreams
A última conferência desta semana foi apresentada pelo Professor Doutor António Câmara, ele que foi o “Prémio Pessoa 2006” e nos presenteou com a “Realidade de um Sonho”, a YDreams. Apresentou o historial da empresa, a inovação, os valores, a missão, a gestão dos recursos humanos e o tipo de pessoas que pretendem recrutar para a YDreams e qual o tipo de comunicação que utilizam.
A YDreams é uma empresa que tem presentes os seguintes valores: qualidade, confiança, espírito empreendedor e integridade total. Devido a estes valores, a empresa apenas esteve envolvida em projectos de grande envergadura, a nível mundial, dada a inovação existente e que é composta pela invenção e a venda da invenção.
O sucesso da YDreams deve-se também ao seu princípio-base, definido como: “contratar pessoas que sejam melhores que nós (…) olhamos para as pessoas que têm talento e vamos buscá-las onde quer que elas estejam”.
E desta forma terminou mais uma edição da Semana da Comunicação do INP, semana esta que foi sonhada e idealizada por professores, alunos e funcionários, por isso mesmo terminamos com uma expressão deixada pelo “Prémio Pessoa 2006”, Professor Doutor António Câmara… “Nada é impossível".

74 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Venho então deixar a minha opinião à cerca das exposições desta ultima semana.
Devo confessar que o tema abordado no primeiro dia pelos 3 convidados do INP era algo para que a minha atenção não estava muito direccionada até à data, sendo de qualquer modo interessante absorver a informação com que os provedores dos 3 meios de comunicação nos contemplaram. Ainda de destacar a homenagem ao Professor Américo da Silva Ramalho pelo Professor Nuno Brandão que, de uma ou de outra forma, tocou e sensibilizou todos os presentes. No segundo dia observamos uma exposição bastante interessante em relação ao "trabalho de comunicação" levado a cabo pela Sagres, ao qual precedeu, uma intervenção do Presidente da GreyHome, Dr. Victor Vasques, que salientou os aspectos que determinada instituição/marca/produto pretende atingir ao associar o seu nome a um Desportista ou Actividade Desportiva, António Carlos Ramos deu-nos a conhecer o mundo do "patrocinio", neste caso a uma liga profissional de Futebol, e o associar o nome do patrocinador ao proprio evento. Reforçando a ideia de que é uma area onde "ainda há muito por onde crescer", o que poderá "vir a ser uma actividade a ocupar por alunos de cursos de comunicação". No dia em que foi abordada a "Comunicação Financeira" como tema, tivemos oportuniadade de ouvir 2 dos convidados a reforçar a ideia de que é muito importante fumentar a comunicação com os investidores, mas tambem o lado de quem escreve sobre o que se passa no mundo da economia, pelas palavras do Dr. Pedro Guerreiro. No dia dedicado ao ambiente tivemos uma fanntástica exposição do Professor Luís Vicente (embora muito dentro do ambito e da liguagem da biologia) nos transmitiu os grandes males que estamos a fazer ao nosso planeta, que comprometem seriamente a qualidade de vida das proximas gerações.(sim, o tempo "excessivo" da exposição está completamente justificado) as apresentações que se seguiram deram enfase à importancia da responsabilidade das empresas quanto à divulgação das suas prácticas de sustentabilidade ambiental e da propria conduta de responsabilidade social, como complemento dos relatórios de contas. No ultimo dia, aqueel que na minha opinião o mais bem conseguido e interessante dia desta semana, foi-nos dado a conhecer a optima estrategia de comunicação da RedBull, numa exposição muito boa de Renata Prado, com complementos do Director Geral da RedBull em Portugal, Eng. Pedro Silva Nunes. Por fim o Professor António Câmara deu-nos a conhecer a sua empresa, a YDreams, que, por ser uma empresa portuguesa de verdadeiro sucesso a nível mundial, deve ser tida por nós, alunos, como um exemplo de empreendedorismo e criatividade.

(Um facto é que as "10 linhas" variam consuante o tamanho da janela e, por isso, nao consegui ter propriamente a noção de se escrevi, ou não, em demasia. Em todo o caso sucorro-me de ter um monitor GRANDE...)

Tiago Pinto Ferreira
RPP 1B

5:31 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Comentario obrigatorio?entao e os alunos que nao foram as Jornadas?porque nao quiseram, porque nao puderam?

7:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Os meus favoritos na semana da comunicação:
José Nuno Martins- A Prestação de um provedor.
Nuno Teles- Útil exposição sobre a evolução de estratégia publicitária da marca (Sagres)no apoio à selecção.
Pedro Guerreiro- Preciosas informações sobre o mundo do jornalismo financeiro. Por certo de grande utilidade no futuro.
Luís Vicente- Sustentabilidade, onde estamos, como vamos e em que futuro. Brilhante.
Renata Prado/Pedro Nunes- Estratégia e evolução de marca. Um seguimento do muito que temos aprendido em Publicidade.

Elisabete Simões
1º Ano - Turma B

10:59 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

De um modo muito geral, esta semana que passou, foi brilhante, toda a organização fez um magnifico trabalho.
Todos os temas abordados ao longo desta semana, para além de terem sido muito interessantes, foram certamente muito úteis para nós estudantes, contudo, devo confessar que a minha atenção estava essencialmente virada para o segundo dia, pois é uma área que me interessa bastante, e porque sem dúvida o desporto é um excelente veículo da comunicação da marca, pois estas "usam-no" como forma de atingir essencialmente notoriedade, saliente-se, também as fantásticas apresentações de todos os oradores,Dr. Nuno Teles director de marketing da Centralcer, Dr. Victor Vasques Presidente do grupo Grey e por último o Dr. António Carlos Ramos Director de Marketing da Liga Portuguesa de Futebol.
Mas o mais importante a retirar desta semana são os ensinamentos que podemos tirar, que certamente nos serão muito úteis no futuro.
É realçar, também, a homenagem feita através da voz do professor Nuno Brandão ao Professor Américo da Silva Ramalho, pois foi uma pessoa que fez muito pelo INP, podendo mesmo, ser considerado como um símbolo do mesmo.

Eduardo Vicente
1ºAno Turma B

2:33 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação, foi de uma forma geral bom quer pelo nível dos convidados bem como sua organização. Achei brilhante a participação do professor Antonio Câmara com uma partilha sem segredos do seu sucesso na ydreams e com um discurso de véras motivador tendo até apresentado metodos revolucionarios de encino. Nesta linha de apresentação posso tambem referir Renata Prado e Pedro Silva Nunes da Red Bull, com um discurso super motivador e sem segredos do sucesso, ydreams e red bull foram sem duvida as minhas prestações preferidas. Nas prestações dos provedores achei que foram as mais fracas, pois apresentaram um discurso enfadonho e um pouco enrolado. No dia dedicado ao ambiente tivemos uma exposição bastante boa do Professor Luís Vicente que deram as apresentações que se seguiram deram importancia da responsabilidade das empresas quanto à divulgação das suas prácticas de sustentabilidade ambiental e da propria conduta de responsabilidade social. No dia da comunicação Financeira, Dr. Pedro Guerreiro reforçou a ideia de que é muito importante a comunicação com os investidores, mas tambem o lado de quem escreve sobre o que se passa no mundo da economia.



Eduardo Ribeiro
RPP 1º B

2:39 da tarde  
Anonymous carina Ferrão, 1ºB, rpp said...

Na minha opinião todos os dias da Semana da Comunicação foram satisfatórios, trouxeram-me de certa forma mais conhecimento. Gostei da Homenagem feita ao Dr. Américo Ramalho no primeiro dia. Mas essencialmente o segundo dia foi um dos temas mais interesantes para mim, pelo facto de ter uma noção de como o desporto pode sevir como um veiculo de comunicação de uma marca.um tema que ficou mais claro com a apresentação dos 3 convidados.Finalmente no dia 29 achei que a apresentação com mais destaque foi a do Senhor Luís Vicente sendo ela muito boa,não tinha muito conhecimento sobre o problema de sustentabilidade e achei de facto o seu trabalho muito útil ao tentar resolver estes problemas que nos são prejudiciais.Para terminar gostava de dizer que outras semanas como esta se deveriam repetir.

5:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Recorro ao blog da semana da comunicação para ressalvar a importância histórica de numa conferência univ. estarem pela 1ª vêz presentes os actuais provedores. A segunda conferência aponta para futuros profissionais de RPP/Pub criando parcerias estratégicas entre clubes e empresas. O 3º dia parece-me ter tido os oradores certos para a comunicação financeira, enquanto área especializada das RP.
Presenciei os 4º e 5º dias da semana: O Prof. Dr. Luís Vicente conscencializou-me para a alteração progressiva dos ecossistemas, a Engª Cristina Tomé e o Engº João Reis completaram uma conferência muito interessante.
A Red Bull esteve em sintonia com a plateia, uma apresentação jovem e alegre! O percurso da YDREAMS e o testemunhho que nos foi dado na apresentação do seu presidente fechou da melhor forma uma semana que, espero sinceramente, se volte a repetir.

Pedro Martins
3ºC

12:07 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opinião a semana da comunicação do INP foi e será sempre útil para todos, principalmente para os alunos da área de Relações publicas e publicidade( comunicação), pois foram abordados temas relacionados directamente com a nossa área de estudo, permitindo assim que obtivéssemos mais e melhores conhecimentos na nossa area.Gostei de todas as palestras que foram dadas e de todos os convidados (tendo gostado mais em particular da apresentação de Renata Prado/Pedro Nunes Estratégia e evolução de marca), pois cada um abordou um assunto diferente embora todos relacionados com as várias formas de comunicar, tendo-me permitido ter uma visão mais ampla do que realmente é a comunicação, os vários ramos áreas o formas de comunicar.

Liliana G. M. Agostinho
1º Ano TurmaB
Relações publicas e publicidade

1:56 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Venho desde já deixar a minha opinião sobre a semana da comunicação, que a meu ver foi bastante interessante não só devido aos temas que se levaram para esta semana mas também pelas pessoas que foram convidadas para intervir nesta semana.
Começou-se a semana da comunicação com os actuais provedores das 3 grandes áreas de comunicação; passando para o segundo dia, em que podemos observar uma das conferências mais interessantes pois falaram da importância do desporto para as marcas e para a publicidade, podendo falar mesmo de o desporto ser um fio condutor de uma “estratégia de marketing”; no terceiro dia presenciamos uma conferência especialmente virada para a comunicação financeira, em que destaco a apresentação do Sr. Pedro Guerreiro; no quarto dia também uma boa apresentação do Prof. Luís Vicente (contudo um bocado extensa); quanto ao quinto dia julgo que acabou em grande, com uma grande apresentação da marca red bull e finalizando melhor depois com a apresentação da YDREAMS, uma apresentação fascinante não só pelo percurso que esta empresa teve mas também por tudo o que o Dr. António Câmara transmitiu nesta apresentação.


Frederico Pinto
1º ano turma B

2:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opinião a semana da comunicação foi bem organizada, e contou com a presença de convidados de destaque. Os dias que mais me cativaram(sem esquecer os restantes) foram: o 2º dia abordou um tema muito interessante, onde destaco Antonio Ramos e Nuno Teles. o 3º dia destaco a participação de pedro Guerreiro. O 5º dia Pedro Nunes e renata Prado e ainda Antonio Câmara. Para finalizar realço a homenagem sentida ao professor Américo da Silva Ramalho no 1º dia.

Ricardo Carvalho
1º ano turma B
RPP

11:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É sempre interessante assistir a este tipo de eventos, porém, e apesar de ter acumulado alguns conhecimentos novos, julgo poder afirmar que o nível de envolvimento com a plateia, este nem sempre foi conseguido, tornando-se por vezes as apresentações pouco adequadas a um nível que toda a plateia pudesse dominar. No entanto, de toda esta semana posso salientar o segundo dia que tinha como tema “o Desporto como Veículo da Comunicação de Marcas”, em que destaco Victor Vasques que referiu que o desporto é importante para as marcas na medida em que, as pessoas vêm o desporto como um ponto de referência. No terceiro dia reservado á Comunicação Financeira destaco a participação do Dr. Pedro Guerreiro que partilhou sem segredos a actividade que tem o jornal onde participa, mostrando que cada notícia tenta atingir um leitor especializado e também o leitor generalista; por último o quinto dia, “Casos de Sucesso”, em particular a Red Bull com Dr. Pedro Silva Nunes e Dra Renata Prado, que tiveram um discurso motivador e aliciante, foi sem duvida uma das minhas apresentações preferidas.


Cátia Santos
1ºano turma B

2:40 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação no INP que decorreu de 26 a 30 de Março veio (e por mim falo) captar a nossa atenção e aproximar nos de determinados campos do activo, dar a conhecer áreas onde a comunicação é preponderante no factor gestão.
Destaco as exposições do Dr. Nuno Teles e do Dr. Victor Vasques que vieram associar o desporto , nomeadamente o futebol a determinadas marcas dando-lhes notoriedade, tornando-as marcas de sucesso. Também o Prof. Luis Vicente através do tema "sustentabilidade", merece destaque neste meu "comment", ao vir de forma brilhante alertar-nos para o grave problema ambiental, tocando todo o auditório.
Foram muitos os profissionais, em diversas áreas que se aliaram a este evento que foi a semana da comunicação para, e afirmo sem quaisquer duvidas, nos fazer crescer enquanto futuros profissionais, e dignificar ainda mais a instituição INP, que está de parabéns devido ao sucesso que foi este evento, e ao fazer passar o sentimento de que estamos inseridos numa instituição sólida, unida de laços de amizade ao qual felizmente me encontro inserido. ehehehe
A todos os que fizeram acontecer...OBRIGADO.

Marco Crujeira 1º Ano Turma B

6:25 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação no INP que decorreu de 26 a 30 de Março veio (e falo por mim) de certo modo captar a nossa atenção e aproximar-nos de determinados campos do activo, dar a conhecer áreas onde a comunicação é preponderante no factor gestão.
Destaco as exposições do Dr. Nuno Teles e Dr. Victor Vasques, que mostraram a associação do desporto, nomeadamente o futebol, que é presença constante nas nossas vidas, a determinadas marcas dando-lhes notoriedade, tornando-as marcas de sucesso. Também o Prof. Luís Vicente, através do tema "sustentabilidade", merece destaque neste meu "comment" ao vir de forma brilhante alertar-nos para o grave problema ambiental que se vive no nosso planeta, tocando assim todo o auditório.
Foram muitos os profissionais em diversas áreas que se aliaram a este evento que foi a semana da comunicação, para, e afirmo sem qualquer duvida, nos fazer crescer enquanto futuros profissionais e dar ainda mais notoriedade e seriedade à instituição INP, que trabalha com base na ideologia de um grupo unido de laços de amizade e companheirismo além instituição académica, á qual eu felizmente me encontro inserido. eheheh
A todos os envolvidos ...OBRIGADO

Marco Crujeira 1ºAno Turma B

6:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Acerca da semana da comunicação do INP tenho a dizer que faltam mais iniciativas deste foro, pois assim muito se aprende sobre o "nosso meio" enquanto gestores de comunicação.
Tenho pena de não ter assistido na integra mas ficam algumas notas:destaco a homenagem feita pelo Dr. Nuno Brandão(aquilo a que se pode chamar um Senhor da comunicação)ao distinto Professor Américo da Silva Ramalho. Depois seguiu-se c/ o encontro dos 3 provedores, que ao que parece reuniram-se pela primeira vez no INP. Destaco o discurso do Dr. José Nuno Martins que falou da sua função como provedor e explicou-nos como se faz a gestão entre ouvinte-cidadão e a importância do serviço publico.O Professor Paquete de Oliveira, lançou dados estatisticos sobre as especiais incidências de queixas e criticas por parte dos telespectadores.No dia 27, foi o dia dedicado ao Mkt desportivo, gostei especialmente do discurso do Dr. Nuno Teles, percebeu-se de forma sintetizada a estrategia da marca e o seu posicionamento em relação à ideia de "Portugalidade" aliada à novissima imagem de marca da sagres. Tambem gostei de recordar velhos anuncios da marca.
Termino dizendo que ao que assisti desta semana da comunicação foi quaseeee...quasseee perfeita!

Celeste Martins 3ºC RPP

6:58 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sei que o que vou dizer será um "cliché", e não virá certamente acrescentar muito ao que já foi dito neste blog, mas ainda assim é essencial dizê-lo. De facto, a Semana da Comunicação foi uma iniciativa extremamente positiva! Digo-o sem um momento de hesitação, e sem sombra de cinismo! Foi bem organizada (apesar dos "bloopers" de ordem técnica que são da praxe neste tipo de eventos... malditos datashows!), foi muitíssimo enriquecedora (em particular para os alunos que almejam um dia poder estar, eventualmente, no lugar de oradores ao invés do de atentos ouvintes) e foi, acima de tudo, um motivo de orgulho para o Instituto e para os seus alunos. Houve, naturalmente, temas na minha opinião mais interessantes do que outros, mas apenas por uma mera questão de gosto e interesse pessoal (que tem que ser respeitado), e houve também, por que não dizê-lo, maiores e menores capacidades oratórias de alguns dos convidados sem individualizar (não pretendo com isto criticar seja o que/quem for, estou simplesmente a expressar uma opinião. É para mim mais cativante estar a ouvir uma palestra ministrada pelo sr.Ricardo Araújo Pereira sobre a problemática da questão do cultivo de tubérculos no Botswana!, do que estar a ouvir o sr.António Lobo Antunes dar a sua perspectiva sobre o Sentido da Vida... dêem-me antes um tiro nas rótulas que dói menos!). Neste sentido posso destacar o segundo dia de conferencias, sobre o Desporto como Veículo da Comunicação de Marca, e as ultimas duas conferencias sobre dois casos de sucesso, Red Bull e YDreams. Gostei particularmente de ouvir o sr Nuno Teles pela sua simpatia e disponibilidade, e o sr Pedro Silva Nunes pelo seu discurso informal e pelo seu carácter inovador. Termino, dando azo á minha insatisfação pela não comparência do sr Hermínio Loureiro (teria sido sempre interessante ouvi-lo), mas dando os parabéns ao I.N.P. pela iniciativa, aos organizadores pelo sucesso da mesma, aos convidados pela disponibilidade e transmissão de conhecimento, e finalmente aos alunos pela adesão maciça e interesse demonstrado pela Semana. P'ró ano há mais!

Tiago Luís, RPP, 1ºB

9:08 da tarde  
Blogger Tânia Simões said...

A Semana da Comunicação do INP, a meu ver, destacou-se pela semana de "sonho", tornada realidade que possibilitou a todos que nela participaram, principalmente para nós, alunos! Uma semana recheada de ilustres oradores que vieram dignificar e demonstrar a instituição fabulosa na qual estamos inseridos, o nosso INP. Por muito que tenhamos aprendido, decerto que muito, porque foi bastante enriquecedor, eu destaco como ponto forte a força do INP, uma vez que acredito que esta semana tenha peso no futuro do INP.

Tânia Simões 2ºAno - Turma A

12:11 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O contributo da Semana da Comunicação…

Esta foi a minha primeira semana da comunicação nesta instituição, o INP. De facto não estava à espera de no primeiro dia ter conhecido o tão ilustre Professor Américo Ramalho. Confesso que tinha muita curiosidade em conhecê-lo e tenho muita pena de não ter tido a oportunidade de assistir pelo menos a uma das suas tão proveitosas palestras, uma vez que este será a nossa figura de referência nas Relações Públicas em Portugal. E mesmo a nossa professora, Susana Carvalho não se cansa de fazer algumas citações e comentários acerca do seu percurso de carreira. Mediante a homenagem proferida pelo professor Nuno Brandão, acreditem que também fiquei um pouco comovida.
Agora acerca da primeira conferência, em que o tema foi: “ A Provedoria no Sistema de Comunicação”, perante este assunto já tinha mais ou menos uma ideia do que se tratava, uma vez que foi um tema falado numa aula de RP. No entanto na prática só tinha conhecimento do Provedor do Telespectador. Mas hoje em dia é de extrema importância o público sentir que tem uma forma de se poder exprimir acerca, neste caso, dos meios de comunicação que têm ao seu dispor. É ainda importante que essa recepção de “reclamações” seja feita por pessoas que não estejam directamente ligadas à entidade em si, como foi o caso dos oradores intervenientes nesta sessão.
No segundo dia e tendo a conferência abordado o tema: “O desporto como veículo da comunicação”, pudemos ter a verdadeira noção do assunto que mais coloca o público português a falar, e ver qual a sua real importância na comunicação. Senão veja-se, basta colocar um jogador de futebol a fazer uma campanha, por exemplo de frango (onde este produto encontra grandes dificuldades, por causa dos nitrofuranos), frangos, Ricardo… E a marca Avibom passa a ser líder de mercado!!! Ou o caso da Sagres, ao ser patrocinadora da Selecção Portuguesa.
Relativamente ao terceiro dia, em que o tema foi reservado à Comunicação Financeira, tivemos a oportunidade de assistir e analisar qual importância da comunicação financeira para toda a organização e inclusive na informação que é passada para o exterior. No fundo foi abordada a importância da informação entre as empresas e os investidores, sendo que é necessária a existência de um atributo fulcral – a confiança, entre as partes.
Uma vez que o público alvo da comunicação financeira são as empresas, os investidores, os analistas e as agências de informação, torna-se necessária a existência de um jornal que contemple este público alvo. Neste âmbito tivemos a oportunidade de termos presente o Dr. Pedro Guerreiro como dirigente do Jornal de Negócios.
O quarto dia foi marcado com o tema: “Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social”. Para quem não tinha a noção do mal que andamos a fazer ao nosso planeta, julgo que através da apresentação (um pouco alongada) do Professor Luís Vicente, ficou mais consciente! No entanto, algumas empresas neste momento mostram-se interessadas em fazer algo mais pelo eco sistema em geral – agora muito sinceramente, espero que todo este interesse não seja só para ficar bem na fotografia… Foi também falado o tema da Responsabilidade Social, pelo orador Eng. João Reis, em que este tema começa também a ser agenda em algumas organizações. Mais uma vez espero que não seja só porque “o outro” ou “os outros” estão interessados ou envolvidos….
A semana da comunicação foi fechada com o tema: Casos de Sucesso, onde eu só pude estar presente na conferência proferida pelo CEO YDreams, o Dr. António Câmara. De facto a sua empresa é muito criativa onde a primazia a inovação. Ao termos ouvido a sua apresentação ficamos a pensar: “gostava de trabalhar nesta empresa”…. Mas depois tomamos consciência e pensamos: “nem todos podemos ser carolas…”. É sempre bom savber que existe um português a dar cartas no mundo e quando falamos de tecnologia, ainda melhor…
Agora mais um momento de sinceridade, e agora de foro particular – não gostei de ouvir falar mal do Técnico!

Ana Rocha – Turma C – 1º ano

11:53 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação do INP, foi uma acontecimento muito interessante, visto podermos contactar mais de perto com certos profissionais de áreas com interesse para nós. No primeiro dia, dia em que se juntaram os três provedores das três áreas diferentes, gostei bastante da apresentação do Dr. José Carlos Abrantes, provedor do Diário de Noticias em que falou do seu papel e do contacto que tem com as reclamações dos leitores e a atitudes que tem de tomar. Achei uma apresentação muito interessante, tanto a dele como a dos outros dois provedores. Outra apresentação muito interessante foi a do segundo dia feita pelo Dr. Nuno Teles, a sua apresentação sobre a Sagres foi brilhante, muito interessante e envolvente. No terceiro dia, o que mais me interessou foi o ultimo discurso do Dr. Pedro Guerreiro que falou do jornal onde participa o “Jornal de Negócios”. Com muita pena minha não pude ir aos últimos dois dias, gostava muito de ter assistido ao dia 5, porque sem dúvida era o que mais me cativava. Mas infelizmente não pude participar.

Lara Clemente
1º ano B

2:03 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação do INP, foi uma acontecimento muito interessante, visto podermos contactar mais de perto com certos profissionais de áreas com interesse para nós. No primeiro dia, dia em que se juntaram os três provedores das três áreas diferentes, gostei bastante da apresentação do Dr. José Carlos Abrantes, provedor do Diário de Noticias em que falou do seu papel e do contacto que tem com as reclamações dos leitores e a atitudes que tem de tomar. Achei uma apresentação muito interessante, tanto a dele como a dos outros dois provedores. Outra apresentação muito interessante foi a do segundo dia feita pelo Dr. Nuno Teles, a sua apresentação sobre a Sagres foi brilhante, muito interessante e envolvente. No terceiro dia, o que mais me interessou foi o ultimo discurso do Dr. Pedro Guerreiro que falou do jornal onde participa o “Jornal de Negócios”. Com muita pena minha não pude ir aos últimos dois dias, gostava muito de ter assistido ao dia 5, porque sem dúvida era o que mais me cativava. Mas infelizmente não pude participar.

Lara Clemente
1ºano B

2:04 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opinião, a semana da Comunicação foi uma grande aposta feita pela INP para os alunos, uma vez que nos abre a nós alunos a possibilidade conhecermos o mundo que nos espera, apesar, das minhas expectativas serem um pouco mais elevadas em relação aos temas e à forma como muitos oradores se expressavam, ou seja, existiu dias em que faltou dinamismo para cativar a plateia e a forma como o conteúdo foi apresentado, nomeadamente no quarto dia. Nos restantes dias, tenho a destacar pela positiva o 3º dia, com a apresentação de Nuno Teles com a marca Sagres e no 5º dia com a apresentação do Dr. Pedro Nunes e da Dr. Renata Prata com a marca Red Bull talvez por ter descodificado certas coisas que não era do meu conhecimento e toda a estratégia e planeamento desenvolvidas e varias vezes enumerados ao longo do discurso de ambos, também se deve a forma como os oradores expuseram o tema, cativando e dinamizando a apresentação.
Por último tenha a destacar a Homenagem feita ao Dr. Américo Ramalho logo no primeiro dia, uma vez que este foi e continua a ser um grande símbolo do INP, pela sua dedicação ao mesmo.
De uma forma global foi uma semana que abriu novos horizontes ao conhecimento e que estava muito bem organizada e dirigida.


Ana Rita Cordeiro - 1ºAno Turma B

2:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opinião a Semana da Comunicação foi uma boa semana, apesar de não exceder a expectativa que tinha acerca desta.
Para mim o Segundo dia (O Desporto como veiculo da Comunicação de Marca) e o Ultimo dia (Casos de Sucesso) foram os melhores, devido aos temas apresentados e a motivação por parte dos oradores, pois estes são os que dão a “cara” da Empresa/Instituição e nestes dias foram aqueles que mais me marcaram, pela motivação que mostraram.
A minha escolha do melhor orador recai no DRº Nuno Teles (Director Geral de Marketing da Centralcer – Central de Cervejas e bebidas). Pois foi o que soube explicar de uma forma sucinta e fácil de compreensão.
Também a destacar nesta semana a Homenagem feita ao Dr. Américo Ramalho logo no primeiro dia, uma vez que este foi e continua a ser um grande símbolo do INP, pela sua dedicação ao mesmo.
Em suma foi uma boa semana, é sempre bom adquirir conhecimentos de pessoas que trabalham nesta área, e das experiências que estas têm.


Vânia Sousa - 1ºAno Turma B

2:43 da tarde  
Anonymous Luis Filipe Rocha said...

A semana da comunicação, que decorreu entre 26 e 30 de Março de 2007, na minha opinião serviu para que pudéssemos tomar contacto com o saber vivido e a experiência de campo dos vários oradores que interviram.

O momento mais marcante do primeiro dia foi a homenagem ao Professor Américo Ramalho, quer pelo seu contributo para as Relações Públicas em Portugal quer como o grande professor do INP que é. Foi este o dia do Provedor do Cliente, durante o qual tivemos a oportunidade de estar com provedores de três órgãos da comunicação social. Pela imprensa orou o Dr. José Carlos Abrantes, pela rádio o Dr. José Nuno Martins e pela televisão o Prof. Paquete de Oliveira. O facto de terem participado três órgãos distintos dos mass media, três experiências diferentes, permitiu-nos perceber a relação entre o emissor e o receptor através da experiência de cada Provedor.

Esta junção permitiu-nos absorver experiências em áreas que apesar de diferentes se relacionam pelo seu teor: a relação entre emissor e receptor através da mensagem.

Citando o professor Paquete de Oliveira a provedoria surgiu quando se sentiu a necessidade de criar instâncias para se gerir o público anónimo uma vez que se sentia dificuldade em fazê-lo.

O segundo dia, sob o tema O Desporto como Veículo de Comunicação de Marca, contou com a presença do Dr. Nuno Teles, o Dr. Victor Vasques e o Dr. António Ramos. Durante as suas palestras foi-nos comunicada a importância do desporto enquanto veículo para a notoriedade das marcas. Pois existe um elevado envolvimento do consumidor com o desporto.

Apesar de, por razões profissionais, me ter sido possível assistir somente a estas duas palestras, pude perceber, pela informação facultada no blog da Semana da Comunicação, que a qualidade se manteve e que temas de sobejo interesse foram abordados. Conto poder, durante este semestre assistir a iniciativas de qualidade idêntica.




Luis Filipe Rocha
1º Ano – Turma C

11:28 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação, que decorreu entre 26 e 30 de Março de 2007, na minha opinião serviu para que pudéssemos tomar contacto com o saber vivido e a experiência de campo dos vários oradores que interviram.

O momento mais marcante do primeiro dia foi a homenagem ao Professor Américo Ramalho, quer pelo seu contributo para as Relações Públicas em Portugal quer como o grande professor do INP que é. Foi este o dia do Provedor do Cliente, durante o qual tivemos a oportunidade de estar com provedores de três órgãos da comunicação social. Pela imprensa orou o Dr. José Carlos Abrantes, pela rádio o Dr. José Nuno Martins e pela televisão o Prof. Paquete de Oliveira. O facto de terem participado três órgãos distintos dos mass media, três experiências diferentes, permitiu-nos perceber a relação entre o emissor e o receptor através da experiência de cada Provedor.

Esta junção permitiu-nos absorver experiências em áreas que apesar de diferentes se relacionam pelo seu teor: a relação entre emissor e receptor através da mensagem.

Citando o professor Paquete de Oliveira a provedoria surgiu quando se sentiu a necessidade de criar instâncias para se gerir o público anónimo uma vez que se sentia dificuldade em fazê-lo.

O segundo dia, sob o tema O Desporto como Veículo de Comunicação de Marca, contou com a presença do Dr. Nuno Teles, o Dr. Victor Vasques e o Dr. António Ramos. Durante as suas palestras foi-nos comunicada a importância do desporto enquanto veículo para a notoriedade das marcas. Pois existe um elevado envolvimento do consumidor com o desporto.

Apesar de, por razões profissionais, me ter sido possível assistir somente a estas duas palestras, pude perceber, pela informação facultada no blog da Semana da Comunicação, que a qualidade se manteve e que temas de sobejo interesse foram abordados. Conto poder, durante este semestre assistir a iniciativas de qualidade idêntica.




Luis Filipe Rocha
1º Ano – Turma C

11:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O que ficou depois do ouvido atento. Gostei das conferências que assisti, ainda que duas delas tenham sido, para mim, muito mais interessantes. Isto porque me identifico mais com os temas. No entanto vou referir aqui, de uma forma breve, o que retive e achei mais pertinente em cada uma delas. A intervenção do Director do Jornal de Negócios, Dr. Pedro Guerreiro, foi, para mim o momento alto da conferência “Da Informação à Comunicação Financeira”. Adorei ver o outro lado, aquele com o qual, nós, os futuros gestores de comunicação, poderemos vir a lidar diariamente. Perceber a sua maneira de estar enquanto jornalista e olhar de frente os mitos, sobre os jornalistas, que “assombram” o gestor de comunicação foi interessante.
É sempre um prazer ouvir o Professor Paquete de Oliveira. Achei interessante quando referiu que recebe, correspondência de telespectadores com queixas referentes a programas dos canais privados. Eu sei que o Serviço Público de Televisão assenta em determinados princípios e valores, sendo que um desses princípios é o de ser um serviço de interesse público. A RTP tende a preocupar-se mais com os interesses do público em detrimento do share. Mas porque razão, as privadas não seguem o exemplo? Talvez este fosse o princípio de um novo rumo para a televisão em Portugal. Um rumo que privilegiasse a qualidade. A “Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social”, foi uma conferência de reflexão interior. Fiquei fascinada com o trabalho que o Dr.Professor Luís Vicente desenvolveu como membro do Millenium Ecosystem Assessment. A sua participação neste seminário pode ter alertado algumas consciências adormecidas, para o grave problema do nosso planeta. Consciências que hoje são estudantes, mas que amanhã serão gestores de comunicação. As empresas, devem-se preocupar com o pilar da economia, mas o pilar social e ambiental deve ser uma preocupação cada vez mais vincada. Pois acredito que o nosso futuro depende muito do equilíbrio entre estes três pilares. As empresas devem perceber que o social e o ambiental, podem ser mais valias no seu futuro e não pedras no seu sapato.

Eu sei, excedi as linhas… mas o Professor já me conhece!
Rosária Silva, 3ºAno, Turma C

12:26 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Só é útil o conhecimento que nos torna melhores.(Sócrates)
De certeza que todo o conhecimento que adquirimos, com este evento, irá tornar-nos pessoas melhores.
O evento da semana da comunicação foi deveras interessante e com um nível de informação extraórdinário, o tema " Comunicação: Uma função de Gestão"
foi bem seleccionado,pois vivemos para comunicar e comunicamos para gerir.
Achei que foi de grande louvor, a homenagem prestada, a esse Grande Senhor e Homem que é o Dr. Américo Ramalho, por quem tenho grande admiração e apresso, sendo então esta uma forma de agradecer tudo o que tem feito por nós estudantes de relações públicas e também o seu contributo prestado nesta área.
Não entrando em pormenor nos dias e temas das conferências, acho que este tipo de eventos é sempre bem vindo no seio académico e não só, visto que, a quantidade e qualidade da informação e conhecimento, passado é extremamente importante e interessante para o nosso dia a dia e também consequentemente para a nossa vida profissional.
Para finalizar o dia que mais me chamou atenção, foi o ultimo com o tema "Casos de Sucesso", com a presença da Red Bull e da YDreams, é sempre bom saber por meio dos melhores as atitudes que estes tomaram para serem os melhores do mercado.


Bárbara Monteiro - 4º Ano Turma C

2:54 da tarde  
Anonymous Bárbara Monteiro said...

Só é útil o conhecimento que nos torna melhores.(Sócrates)
De certeza que todo o conhecimento que adquirimos, com a realização deste evento, nos irá tornar melhores pessoas, melhores profissionais e irá mudar a nossa maneira de pensar no que se refere a determindas coisas e situações.
O tema "Comunicação:Uma Função de Gestão", foi muito bem seleccionado pela organização deste evento, pois é um tema que abrange vários assuntos,de interesse tanto público como privado, para nós estudantes de relações públicas e publicidade tem um interesse de nivel elevado, pois tudo o que relaciona comunicação com gestão, é fundamental para o nosso desenvolvimento enquanto profissionais.
Nós enquanto pessoas e enquanto potenciais profissionais temos de saber comunicar, para saber gerir.
Foi de louvar o gesto prestado por todos, ao homenagiar, tão Grande Senhor e Homem, como é o Dr. Américo Ramalho, por quem tenho grande admiração e apreço, por tudo o que fez pela nossa instituição, por nós alunos e pelas relações públicas.
Não entrando, em pormenores, nos temas seleccionados, menciono apenas que achei todos deveras importantes e interesse, e com uma quantidade, qualidade de informação e conhecimento elevado.
Porém o tema que mais interesse me despertou foi o do ultimo dia, "Casos de Sucesso", com a presença de representantes das marcas, Red Bull e YDreams, nada melhor que aprender com os melhores, para nos tornarmos também os melhores.
Enfim acho muito importante que sejam realizados estes tipos de eventos, pois é sempre bom aumentar o nosso nível de conhecimento e o nosso nivel de cultura, pois como dizia Sócartes "Só é útil o conhecimento que nos torna melhores", e o conhecimento que depreendemos com este evento é concerteza de grande utilidade.

Bárbara Monteiro
4º Ano Turma C
Relações Públicas e Publicidade

3:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A meu ver, a semana da comunicação do INP é um “marco” bastante importante na nossa v ida académica. Não só pelos convidados, como a todas as pessoas que intervieram nele.
Esta dita semana teve momentos importantes, tais como, no primeiro dia a homenagem sentida pelas palavras do professor Nuno Brandão a Américo Ramalho. No segundo dia, com o tema central o desporto, o assunto Sagres demonstrou o trabalho de comunicação, o presidente do Grupo Grey Portugal foi divertidíssimo, em que pudemos rever campanhas publicitárias antigas, só fiquei “triste” por não termos conseguido ver os frangos do Ricardo! =P.
No terceiro dia, baseado em finanças, Pedro Guerreiro baseou-se a dar-nos “um cheirinho” do que são mitos e verdades no jornalismo financeiro. No quarto dia, marcado com o tema: “Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social”. Deu para nos consciencializarmos do mal que fazemos ao nosso planeta. O último dia, terminou em grande com 2 temas principais, a Red Bull e a YDreams.
Como é lógico, existem sempre aquele assunto que se gosta mais ou se tem um particular interesse, para mim, foi sem dúvida, a Red Bull (não desprezando os outros, obviamente).
A todos que participaram nesta semana… um muito OBRIGADA!!! E para o ano cá estaremos novamente.


Cátia Simões
RPP – 1ºB

5:34 da tarde  
Anonymous Jonathan Vasconcelos 1º Ano Turma B said...

A semana da comunicação do INP, foi um acontecimento bastante interessante e proveitoso, visto ter permitido a todos os alunos o contacto com profissionais de áreas que muitos acabaram por enverdar.

Quanto a mim o momento marcante do primeiro dia, foi sem dúvida a merecida homenagem ao Professor Américo Ramalho.

No segundo dia, a apresentação feita pelo Dr. Nuno Teles sobre a Sagres foi brilhante, bastante interessante e enriquecedora.

No terceiro dia, infelizmente não tive a possibilidade de assistir..

No quarto dia, destaco a apresentaçao do Professor Luís Vicente que nos permitiu alargar os nossos conheceimentos relativamente ao problema de sustentabilidade .
No ultimo dia, destaco sem dúvida o excelente contributo dado pelo Professor António Câmara da YDreams.

Resta-me apenas, felecitar toda a organização pelo excelente trabalho efectuado e pelos momentos que proporcionaram a todos.

7:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opiniao a semana da comunicação ajudou todos os alunos do INP de uma forma divertida, a perceber como funciona o mundo da comunicaçao no trabalho.
Os meus dias preferidos, sem deixar de elogiar todos as outras apresentações, foram:
- O desporto como veículo da comunicação ( Nuno Teles, o meu preferido- falou da estratégia de marketing utilizada da marca sagres como apoio da selecção portuguesa)
- casos de sucesso( red bull) - gostei de ambos os oradores que, de uma forma divertida e motivadora mostraram-nos a estratégia e a evolução que a marca tem vindo a ter ao longo dos anos.
Espero que voltem a repetir esta semana! FOI UM MÁXIMO!!!!


Carina Vallejo
1ºAno Turma B

8:19 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação, que decorreu entre 26 e 30 de Março de 2007, foi na minha opinião, uma semana importante para adquirir conhecimentos, abrir novos horizontes e partilhar experiências, com pessoas que trabalham nesta área.
No entanto as minhas expectativas eram um pouco mais elevadas, em relação aos temas que foram abordados, na forma como os oradores apresentava os seus conteúdos.
Penso que a homenagem feita ao Dr. Américo Ramalho foi louvável, porque tudo o que fez pela nossa instituição.
P o ultimo dia foi no meu ponto de vista o mais interessante, pela qualidade da informação.

Quero dar os meus parabéns a todos os que participaram no projecto.


Bárbara Sousa
4º ano RPP

8:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação, que decorreu entre 26 e 30 de Março de 2007, foi na minha opinião, uma semana importante para adquirir conhecimentos, abrir novos horizontes e partilhar experiências, com pessoas que trabalham nesta área.
No entanto as minhas expectativas eram um pouco mais elevadas, em relação aos temas que foram abordados, na forma como os oradores apresentava os seus conteúdos.
Penso que a homenagem feita ao Dr. Américo Ramalho foi louvável, porque tudo o que fez pela nossa instituição.
P o ultimo dia foi no meu ponto de vista o mais interessante, pela qualidade da informação.

Quero dar os meus parabéns a todos os que participaram no projecto.


Bárbara Sousa

9:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opinião a semana da comunicação foi bastante interessante, com desenvolvimento de bons temas, importantes para a nossa área de estudo e com uma organização excelente. Acho que a semana foi muito importante para a nossa instituição, pois conseguimos ter a percepção de como o INP tem muito valor e que continuamos todos unidos para lutar a favor do seu sempre presente, prestígio.
Relativamente a cada conferência, houve umas mais interessantes que outras, consoante o modo como os oradores comunicavam o seu tema e se conseguiam dinamizá-las. De salientar o primeiro dia, pois acho que principalmente foi emocionante a homenagem feita pelo Dr. Nuno Brandão ao Professor Américo da Silva Ramalho, algo a não esquecer. No entanto, as conferências que mais gostei, onde os convidados conseguiram interagir connosco,acabando por prender verdadeiramente a nossa atenção pela maneira como comunicavam foi no 2º dia e o último dia. No segundo dia "O desporto como veículo de comunicação de marca", tema bastante apelativo e que nos conseguiu demonstrar de que maneira o desporto está presente e de como é um meio importante para a notoriedade de uma marca. De destacar o Dr. Nuno Teles, o convidado mais bem disposto, que mais gostei de ouvir falar em toda a semana, conseguindo comunicar da melhor maneira com o público e dando a conhecer a notoriedade já conhecida da marca Sagres. O outro dia a destacar foi o último dia, com a marca Red Bull, bastante presente e reconhecida principalmente pelos jovens. Acho que esta conferência foi descontraída, dando-nos a conhecer da melhor forma esta marca e como evoluiu ao longo dos tempos e como ganhou notoriedade. A semana comunicação encerrou da melhor forma, tanto pelos discursos finais na última conferência, como pelo jantar realizado demonstrando sempre a união de todo o INP. Os meus parabéns por esta excelente semana pois foi enriquecedora e um orgulho para quem faz parte da grande família INP.

Ana Carina Monteiro
1º Ano Turma B

11:06 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Todos os temas abordados na semana da comunicação foram interessantes, e de certa forma muito úteis para todos os estudantes, pois permitiu que estivéssemos em “contacto” com alguns temas que já foram abordados nas aulas.
Para iniciar a semana da comunicação assistimos a um dos momentos mais marcantes, uma homenagem ao prof. Américo Ramalho por todo o seu contributo na área das Relações Públicas.
A palestra sobre “A provedoria no sistema de comunicação”, podemos ter o privilégio de ter 3 provedores de 3 órgãos de comunicação, pela imprensa tivemos a oportunidade de ouvir o Dr. José Carlos Abrantes, pela rádio ouvimos o Dr. José Nuno Martins que nos falou sobre o provedor do ouvinte e por ultimo o prof. José Paquete de Oliveira que nos falou sobre o provedor do telespectador.
No 2º dia, o tema “O desporto como veículo da comunicação de marca” ajudou a perceber a importância da associação das marcas ao deporto, por exemplo: a necessidade de associar os “frangos” do jogador Ricardo à marca Avibom fez com que esta fosse uma associação de sucesso, pois conseguiu que a marca superasse os valores de vendas numa altura que estava presente o problema dos nitrofuranos. Temos também o caso da estratégia de marca (que nos foi apresentada pelo Dr. Nuno Teles) da Sagres que foi o patrocinador oficial da Selecção Portuguesa.
No 3º dia, na palestra “Da informação à comunicação Financeira”, podemos assistir à importância da comunicação financeira para a organização e toda a informação que é passada para o exterior. Segundo o Dr. Miguel Lemos, para uma empresa ter uma “porta aberta” no mercado, ela tem de ter uma boa administração, pois é ela que define a estratégia de uma empresa.
Na palestra “Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social” realizada no 4º dia, o Dr. Luís Vicente conseguiu demonstrar com sucesso a situação de como se encontra o nosso Planeta. Este fez uma excelente apresentação, pois conseguiu transmitir toda a preocupação que existe relativamente ás alterações dos Ecossistemas do Planeta.
No 5º e ultimo dia, (apenas pude assistir à apresentação da YDreams) na conferência da YDreams , podemos perceber que é uma empresa de sucesso e que tem presente 4 valores: Qualidade, Confiança, Espírito Empreendedor e Integridade Total. È uma empresa composta por ideias inovadoras e por invenções, esta tem como principio contratar pessoas com muito talento.
Na generalidade, foi uma semana muito interessante e que certamente contribuiu para enriquecer o conhecimento de cada um de nós.

Susana Martins
1º Ano Turma C

10:09 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Para começar acho que esta semana foi um grande passo para a vida do INP e muito produtivo para os alunos e para todos os que assistiram a estas conferências. para mim os dias mais interessantes foram o segundo dia, do desporto e o da redbull! este último foi muito bem apresentado. a Renata fez uma apresentação frascinante e apresentou-nos um exemplo de como cresce uma grande empresa.

Joana Quintans, RPP 1ºB

10:51 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Assistir às conferências foi o mais fácil. Dificil é tecer um comentário sobre os assuntos que tão bem, foram apresentados e defendidos pelos respectivos convidados. No entanto, é inevitável não existirem preferências, e as minhas recaem sob: a apresentação do Dr. Pedro Guerreiro - Director do Jornal de Negócios (ou só Pedro Guerreiro, dada a sua postura “credivelmente informal”), que esteve presente no dia em que se tratou a Comunicação Financeira. Para quem não se formou em comunicação, arricarei a dizer que já nasceu com o dom de comunicar, pois conseguiu captar a atenção do público e prende-los até ao fim. Ao ponto de, sob pena de não ter tido tempo de terminar o seu discurso, lhe tenha sido solicitado que o fizesse. Até porque era uma parte que interessava e muito ao “pessoal” das R.P., pois tratavam-se de algumas dicas de como lídar melhor com a comunicação social. Parabéns, pois para além de ter apreendido o tratamento da comunicação financeira, num meio de comunicação (quer via imprensa, quer via internet, neste caso), aprendi como lidar com os vários tipos de jornalistas que existem na nossa praça e acima de tudo tomei como exemplo, a forma como esta apresentação foi elaborada. Um exemplo a seguir na continuação da minha formação académica e num futuro profissional. Obrigada.

Não posso também deixar de referir que no dia da Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social, o cientista Luís Vicente, me tenha surpreendido, quer pelo empenho com que conduziu a sua apresentação, quer pelo rico teor informativo relativamente aos ecossistemas, aquecimento global, percentagens e estatísticas de como se vive, um pouco por todo o globo. Foi sem dúvida enriquecedor. Quanto à apresentação um pouco mais formal da Eng.ª Cristina Tomé, teve também o seu grau de interesse e acertividade. Mas quem me “arrancou” umas boas Gargalhadas, foi o Eng.º João Reis, que com a sua graça pessoal (não fosse ele Presidente da “Grace”), nos animou com a eterna canção “Imagine All The People”. E assim nos envolveu emocionalmente (dava um bom publicitário!), captando a atenção para a cidadania e responsabilidade social, que as empresas, hoje mais do que nunca devem incorporar nas suas agendas.

Finalizando, fica a esperança de que o INP considere esta iniciativa, como um motor de arranque, para se fazer sentir como uma verdadeira escola de COMUNICAÇÃO. (E não apenas ser).

Alexandra da Silva, 3º C

2:02 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Dia 1

Após o discurso da nova administração do INP e de uma emotiva homenagem ao Dr. Américo Ramalho, a semana da comunicação teve início com o provedor do DN, Dr. José Carlos Abrantes, que nos falou um pouco dos seus 3 anos de provedoria e no facto de ter que estar sempre atento às dúvidas e mesmo às reclamações dos leitores.
Seguiu-se o Dr. José Nuno Martins, provedor do ouvinte na Antena 3, mostrou-nos um pouco do seu trabalho de provedoria, salientando que o papel do ouvinte não se limita a apenas ouvir, mas também aproveitar aquilo que ouve e tirar algum partido disso. Por outro lado, o provedor do ouvinte deve atender à perspectiva do ouvinte e certificar a fiabilidade do serviço.
Por fim, tivemos o Prof. José Manuel Paquete de Oliveira, provedor do telespectador na RTP que nos falou um pouco da sua profissão dizendo que os provedores existem para tentar promover a cidadania e que os cidadãos podem ser mais críticos para modificar a televisão em geral.

Este foi um dia muito importante e marcante na história do INP. Foi uma oportunidade única de juntar os 3 provedores dos 3 meios de comunicação social (TV, Rádio e Imprensa) e também de conhecer a “cara” de alguém que nos tem sido sempre falado na área das relações públicas e que muito fez pelo INP, o Dr. Américo Ramalho.


Dia 2

Num dia dedicado ao Marketing Desportivo, o Dr. Vítor Vasques, presidente do grupo Grey, mostrou-nos o quanto importante é o desporto para a vida de uma marca. O desporto é um veículo importantíssimo para a marca e que muitas das marcas se associam ao desporto para atingir maiores níveis de notoriedade.
Dr. Nuno Teles, director de Marketing da Centralcer, seguiu-se mostrando-nos os 14 anos do “casamento” entre a Sagres e o futebol e ainda a “luta” para combater a concorrência, nomeadamente a Super Bock.
Por fim, o director de Marketing da Liga Portuguesa de Futebol, Dr. António Carlos Ramos, falou-nos da recente ligação entre a liga e a Betandwin e onde nos mostrou os diversos suportes de divulgação deste ligação.

Esta conferência veio reforçar ainda mais a ideia de que o desporto e em particular o futebol, é uma área a apostar. Onde se pode alcançar uma forte notoriedade, seja fazendo publicidade num estádio ou mesmo patrocinando um clube.


Dia 3

Dia este dedicado à comunicação financeira, foi o Dr. Miguel Lemos, quem deu início, focando a sua apresentação entre dois lados, o do investidor e o da empresa assim como toda a relação que existe entre estes.
Seguiu-se o Dr. Luís Pinheiro, que ao fundamentar a sua apresentação na relação com os investidores, mostrou-nos que o marketing financeiro encontra-se num ambiente bastante competitivo.
Por fim, o Dr. Pedro Guerreiro mostrou-nos o complexo que pode ser falar de negócios.

Foi, muito honestamente, um dia surpreendente pois ao falar-se de comunicação financeira surge logo uma associação a frases complexas e demasiado empresariais, mas muito pelo contrário, foi um dia bastante rico em informação nova.



Dia 4

De uma maneira muito geral, pois basicamente e cada uma à sua maneira, falaram todos à volta do mesmo assunto, foi claramente transmitida a ideia de que temos muito ainda que fazer para preservar o nosso planeta, os nosso recursos naturais e tudo à volta da nossa própria sustentabilidade. È ainda de salientar a forma extraordinária que o engenheiro Rui Reis “prendeu” a nossa atenção, com a sua entrada magnifica.


Dia 5

Simplesmente espectacular, tanto o Dr. Pedro Nunes como a Dra. Renata Prado, mostraram-nos que falamos a mesma língua quando falamos de marca e publicidade. Sem dúvida que a Red Bull adopta uma forma de comunicar de certa forma radical mas que está de alguma maneira presente na cabeça do consumidor.
Para terminar o dia, o Dr. António Câmara mostrou-nos um pouco do espírito inovador e empreendedor da empresa que dirige. Foi pena ver que um homem das grandes tecnologias não entendesse que para passar para o próximo slide do PowerPoint tinha que “clicar” no botão esquerdo do rato, e não do botão central, mas enfim…erros acontecem. =)

Ricardo Zina
RPP 1º B

8:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

considero que a semana da comunicação é algo importante tanto na nossa vida de estudantes como no nosso futuro.
De todos os dias o que mais me interessou, foi sem dúvidas o da Red Bull, sem deixar de referir a homenagem a Americo Ramalho, o discurso da sagres.
que o INP continue a investir nestas conferencias.


Vera Cardoso
RPP 1º B

10:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Penso que a Semana da Comunicação foi um evento bastante importante quer para o próprio I.N.P. quer para todos os alunos.
O evento decorrido entre os dias 26 e 30 de Março destaco nomeadamente no 1º dia a merecida homenagem ao Dr. Américo Ramalho,por todo o trabalho desenvolvido no Instituto e por tudo o que o I.N.P. lhe pode agradecer, no 2º dia a apesentação do Dr. Nuno Teles, director de Marketing da Centralcer, acerca do Marketing Desportivo a nivel de Selecção, foi - na minha opinião - a apresentação mais interessante, dando exemplos bastante objectivos de como o Marketing a nível desportivo tem uma grande influência na sociedade, no 3º dia destaco a apresentação do Dr.Pedro Guerreiro, foi muito interessante a explicação de como funciona a comunicação finaceira de um jornal e da ideia que deixou do seu funcionamento, no 4º dia a fantástica e espantosa apresentação do Dr. Luís Vicente, foi das mais marcantes a nivél pessoal desta Semana da Comunicação, penso que todos os que assistiram ficaram sensibilizados com toda a apresentação e com todos os exemplos dados de como o nosso planeta caminha - a passos largos - para um fim anunciado,no 5º dia tanto o caso da Red Bull como a da Ydreams, são excelentes exemplos de casos de sucesso e o que suporta esse sucesso. No caso da Red Bull os testemunhos de Pedro Silva Nunes e de Renata Prado mostraram tudo o que envolve uma marca de sucesso e todas as áreas a que a Red Bull quer chegar e mostraram também como a marca tem tido um crecimento ao longo dos 25 anos de vida. No caso da Ydreams,
destaco a qualidade da informação passada e de toda a filosofia da empresa,do meu ponto de vista foi bastante interessante e ter uma pessoa como o Dr.António Câmara a mostrar toda a disponibilidade para o esclarecimento de todas as dúvidas.
Sem dúvida, um projecto a repetir,muitos parabens a organização por ter conseguido ter convidados de luxo nesta semana da comunicação.

Délio Capitão
1ºano Turma B
Relações Públicas e Publicidade

5:04 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Os meus destaques para a semana da comunicação vão para José Martins, Provedor do Ouvinte, no discurso sobre a prestação de um provedor. Nuno Teles pela sua apresentação da marca sagres realçando aspectos fundamentais na evolução estratégica da marca como o despertar emoções e criar sentido de pertença.
Luis Vicente, importante intervenção sobre a sustentabilidade do nosso planeta. Pedro Nunes e Renata Prado que deram um excelente exemplo de como constuir uma imagem de marca, neste caso a Red Bull, marcada pela sua irreverência.

André Nascimento 1º Ano Turma B

5:44 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Do meu ponto de vista, a semana da comunicação contribuiu de forma grandiosa para a valorização da nossa instituição (INP)porque, trouxe até nos a realidade do que se faz a nível de comunicação, gestao e marketing empresarial.
Assim sendo, todos os dias de conferência foram de extrema importância para uns mais ou menos do que outros.
No entanto, o primeiro dia, teve como ponto alto a meu ver a abertura desta fantastica semana e a gratificante homenagem feita ao professor Américo Ramalho que muito contribuiu para a valorização da camisola que todos nos INP vestimos. Confesso que depois da apresentação do primeiro provedor que se nao estou em erro foi o provedor do ouvinte, com todo o respeito que tenho pelos outros sábios provedores que la estiveram, fiquei um bocadinho impaciente talves tivesse sido a ansiedade que sinto sempre antes de viajar( até viajo com bastante frequencia) ou se se estava a tornar repetitivo.
o segundo, terceiro e o ultimo dia, foram os que mais interesse me sussitram uma vez que os temas debatidos (marketing desportivo, comunicaçao financeira e casos de sucesso com a apresentaçao do caso prático da Red Bull)tiveram haver com as áreas em que no futuro quero trabalhar.

Contudo, nao me vou estender mais na minha apreciação porque neste momento está muito calor onde me encontro vou aproveitar o meu tempo de outra maneira (vou para a piscina.

Manuel Pinto de Andrade
1B

6:36 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ca venho e confesso que apenas por "obrigaçao" deixar o meu comentario.

Ainda nao sabia bem o que era a semana de Comunicaçao, visto que sou aluno do 1ºano, mas foi com muita satisfaçao que vi que este tipo de “evento” (se assim se pode chamar) vem colaborar não so para o aumento dos nossos conhecimentos adquiridos até então (e outras vezes ainda nem adquiridos), e mesmo para pudermos ver como se põe em prática todo este mundo ao qual certamente estaremos ligados para o resto das nossas vidas profissionais (pelo menos eu assim o espero).

No 1º dia, apensar de não ser um tema que chamasse a minha atenção, devo confessar que serviu em grande parte para finalmente ter uma percepção do que realmente é a funçao de provedor, seja em que meio de comunicação for. Contudo achei um pouco massador, porque eles acabaram por se repetir, tendo em conta que apenas variavam consoante o publico.

No 2º dia, bem, eu simplesmente adorei. Talvez pelo facto de estar representada a Entidade que quer comprar uma campanha publicitária, a Agência que vai fazer essa mesma campanhar, e aquele que vende espaço para publicidade. Neste dia todos os 3 ligaram-se e acabaram por se complementar...
e muito pessoalmente gostei bastante da apresentação por parte do Dr. Nuno Teles director de marketing da Centralcer (Sagres).

No 3º dia foi na minha opinião interessante. Mas não há nada que me faça fazer uma referência em toda a aprensentaçao.

No 4º dia, não sei se era eu que já estava cansado, mas para mim, embora o tema fosse de grande relevância, para mim acabou por ser maçador.

No 5º e ultimo dia, acabamos em grande !!! Para quem não pode estar presente, so posso lamentar. Foi um dia mesmo em grande, ate depois do jantar (lol). Mas jantares a parte, a primeira apresentação do dia coube a Red Bull, que me fascinaram com a sua política de actuaçao, que é completamente diferente de todas aquelas que estamos habituados a ver serem aplicadas. O próprio mundo da Red Bull é fascinante.

Mas se o mundo da Red Bull é fascinante, então o que dizer da Ydreams? E quando começo a pensar que na Ydreams nem sequer usam o já “maçador rato e teclado” então ai me apercebo do futuro brilhante que se avizinha para os lados do Professor Doutor António Câmara, que disse inclusive em jeito de brincadeira (mas que pode muito bem ser uma realidade), que já se imagina daqui a uns anos a comprar uma ilha privada..

No final destas apresentações todas, e desta semana que foi alucinante so tenho a desejar que daqui a uns anos sejamos “nós” os actuais alunos do INP os convidados destas palestras, o que so iria provar o nosso sucesso e fundamentar a real qualidade que o INP tem para formar profissionais de elevado “calibre”.

Marco Fernando
1ºB

8:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Confesso que a semana da Comunicação excedeu as minhas expectativas. Foi uma semana rica de conferências que nos esclareceu (pelo menos a mim) sobre os "bastidores" de algumas áreas interventivas do nosso curso, nas mais diversas vertentes! Confesso que o primeiro dia não me despertaram muito a minha atenção pois não era temas que fossem apelativos para mim, mas de modo geral gostei muito, principalmente o 2º dia e do últimos dois dias! Mas sempre deu para apreender alguns conhecimentos e espero que cada ano seja muito melhor! Não quero discriminar qual a melhor apresentação pois foram todas muito boas, cada uma à sua maneira, embora umas mais importantes e mais chamativas que outras! Que para o ano seguinte sejam iguais ou melhores que as deste ano!!

p.s. - peço desculpa pelo atraso mas distrai-me!!!

Tânia Vital, 1ºB

9:53 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Semana da Comunicação, semana onde a organização, movimento, partilha, gurus, envolvimento, INP estiveram em grande. Um primeiro dia em que as emoções bailaram no auditório, uma homenagem sentida, um grupo forte e coeso; o tema - a provedoria no sistema da comunicação - esclareceu-me a noção em questão, realçando a importância do L de ligação entre as empresas e o público. Os oradores partilharam as suas experiências de vida com a plateia, passaram por os media mais influentes na opinião pública - imprensa, rádio e televisão. Saliento um ponto menos positivo que foi a falta de tempo para as questões finais. Ficou-me em mente a dúvida sobre o futuro da Antena3 já que inúmeros ouvintes contestam o seu cariz musical em demasia.
O tema do segundo dia da Comunicação - “O Desporto como Veículo da Comunicação de Marca” realçou a importância e o sucesso para as marcas ao comunicarem através do desporto. Falou-se maioritariamente de Futebol visto este ser um desporto que move multidões e atinge todas as idades. Concluí neste dia que uma aposta nesta área será certamente bem sucedida abrindo-me uma porta no pensamento do meu início de carreira profissional.
No terceiro dia reservado à Comunicação Financeira, salientou-se as relações entre as empresas e os accionistas assim como a importância da comunicação entre estes. Falou-se em bolsa de valores, quotas de mercado, apostas de risco e, nas empresas enquanto grupos fortes influentes na economia do país.
O tema : Comunicação, Sustentabilidade e responsabilidade social, no quarto dia, certamente abordou questões de extremo interesse e importância, no entanto, infelizmente não me foi possível comparecer por razões de força maior. Saliento que abordamos este mesmo tema nas aulas do primeiro semestre a EPI.
Por último e o dia que mais me agradou - o quinto -em que estiveram presentes os Casos de Sucesso: Red Bull e YDreams. Neste dia tanto uma marca como a outra, revelou algumas das estratégias utilizadas ao longo dos tempos que levaram ao sucesso que têm hoje em dia. Foi o dia em que a plateia mais questões colocou, o dia em que permitiu sonhar e constatar que é, sem dúvida, possível evoluirmos enquanto profissionais de comunicação. Em suma, foi uma semana que abriu portas a novas ideias e disponibilizou o acelerar da mente ao pormos os olhos no futuro.

Marta Portugal
4º ano C RPP

6:47 da tarde  
Blogger Marta said...

Semana da Comunicação, semana onde a organização, movimento, partilha, gurus, envolvimento, INP estiveram em grande. Um primeiro dia em que as emoções bailaram no auditório, uma homenagem sentida, um grupo forte e coeso; o tema - a provedoria no sistema da comunicação - esclareceu-me a noção em questão, realçando a importância do L de ligação entre as empresas e o público. Os oradores partilharam as suas experiências de vida com a plateia, passaram por os media mais influentes na opinião pública - imprensa, rádio e televisão. Saliento um ponto menos positivo que foi a falta de tempo para as questões finais. Ficou-me em mente a dúvida sobre o futuro da Antena3 já que inúmeros ouvintes contestam o seu cariz musical em demasia.
O tema do segundo dia da Comunicação - “O Desporto como Veículo da Comunicação de Marca” realçou a importância e o sucesso para as marcas ao comunicarem através do desporto. Falou-se maioritariamente de Futebol visto este ser uma actividade que move multidões e atinge todas as idades. Conclui neste dia que uma aposta nesta área será certamente bem sucedida abrindo-me uma porta no pensamento do meu início de carreira profissional.
No terceiro dia reservado à Comunicação Financeira, salientou-se as relações entre as empresas e os accionistas assim como a importância da comunicação entre estes. Falou-se em bolsa de valores, quotas de mercado, apostas de risco e, nas empresas enquanto grupos fortes influentes na economia do país.
O tema : Comunicação, Sustentabilidade e responsabilidade social, no quarto dia, certamente abordou questões de extremo interesse e importância, no entanto, infelizmente não me foi possível comparecer por razões de força maior. Saliento que abordamos este mesmo tema nas aulas do primeiro semestre a EPI.
Por último e o dia que mais me agradou - o quinto -em que estiveram presentes os Casos de Sucesso: Red Bull e YDreams. Neste dia tanto uma marca como a outra, revelou algumas das estratégias utilizadas ao longo dos tempos que levaram ao sucesso que têm hoje em dia. Foi o dia em que a plateia mais questões colocou, o dia em que permitiu sonhar e constatar que é, sem dúvida, possível evoluirmos enquanto profissionais de comunicação. Em suma, foi uma semana que abriu portas a novas ideias e disponibilizou o acelerar da mente ao pormos os olhos no futuro.

Marta Portugal
4º ano C RPP

6:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Para iniciar o meu comentário, sobre a Semana da Comunicação, quero expressar a minha gratificação ao participar neste evento de grande importância para o INP, e principalmente para todos os alunos do instituto. A diversidade nos temas abordados foi um aspecto importante, tendo, obviamente, sempre por base a comunicação. Apesar de todas as palestras realizadas serem relevantes no tema da comunicação, permito-me destacar alguns dias, e mesmo alguns oradores, pois foram provavelmente estes com que mais de identifiquei, tanto pessoalmente, como profissionalmente, pois apresentaram as suas palestras numa vertente mais relacionada com o curso de Relações Publicas e Publicidade. Refiro assim o segundo dia, onde o tema do “Desporto com Veículo da Comunicação de Marca” nos permitiu visualizar o trabalho feito nesta área, principalmente através dos oradores, Dr. Nuno Teles e Dr. Victor Vasques, dando-nos duas visão distintas da mesma comunicação, ou seja, o Dr. Victor Vasques apresentou-nos o trabalho efectuado por uma agencia publicitaria no âmbito do desporto, e o Dr. Nuno Teles representava uma organização e a forma como esta comunica publicitariamente utilizando o desporto. Tenho de referir também a palestra do quarto dia, pois foi bastante importante, agora numa vertente de Relações Publicas, onde a Engenheira Cristina Tomé e o Engenheiro João Reis nos elucidaram da importância da comunicação das empresas, neste caso numa vertente de responsabilidade social, e como o sucesso de uma organização está directamente relacionado com a sua transparência com a sociedade. O quinto e ultimo dia da semana da comunicação teve o brilhante efeito de criar sonhos em todos os alunos presentes, pois foram apresentados dois casos de enorme sucesso, que não deixou ninguém indiferente, fazendo-nos acreditar que também nós o podemos fazer e tornar-nos relevantes neste mundo da comunicação tão competitivo. Estes foram realmente os dias que mais me marcaram, mas não quero deixar de fazer referência aos outros dias pois apesar de estes serem provavelmente menos interessantes do ponto de vista do nosso curso, não deixam de ser relevantes na nossa formação, nesta área tão vasta da comunicação. Por fim, os meus parabéns a organização, e que esta brilhante iniciativa se repita ano após ano.


Pedro Gonçalo Ferreira dos Santos
1º Ano, turma B, do curso de Relações Públicas e Publicidade

6:52 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Para iniciar o meu comentário, sobre a Semana da Comunicação, quero expressar a minha gratificação ao participar neste evento de grande importância para o INP, e principalmente para todos os alunos do instituto. A diversidade nos temas abordados foi um aspecto importante, tendo, obviamente, sempre por base a comunicação. Apesar de todas as palestras realizadas serem relevantes no tema da comunicação, permito-me destacar alguns dias, e mesmo alguns oradores, pois foram provavelmente estes com que mais de identifiquei, tanto pessoalmente, como profissionalmente, pois apresentaram as suas palestras numa vertente mais relacionada com o curso de Relações Publicas e Publicidade. Refiro assim o segundo dia, onde o tema do “Desporto com Veículo da Comunicação de Marca” nos permitiu visualizar o trabalho feito nesta área, principalmente através dos oradores, Dr. Nuno Teles e Dr. Victor Vasques, dando-nos duas visão distintas da mesma comunicação, ou seja, o Dr. Victor Vasques apresentou-nos o trabalho efectuado por uma agencia publicitaria no âmbito do desporto, e o Dr. Nuno Teles representava uma organização e a forma como esta comunica publicitariamente utilizando o desporto. Tenho de referir também a palestra do quarto dia, pois foi bastante importante, agora numa vertente de Relações Publicas, onde a Engenheira Cristina Tomé e o Engenheiro João Reis nos elucidaram da importância da comunicação das empresas, neste caso numa vertente de responsabilidade social, e como o sucesso de uma organização está directamente relacionado com a sua transparência com a sociedade. O quinto e ultimo dia da semana da comunicação teve o brilhante efeito de criar sonhos em todos os alunos presentes, pois foram apresentados dois casos de enorme sucesso, que não deixou ninguém indiferente, fazendo-nos acreditar que também nós o podemos fazer e tornar-nos relevantes neste mundo da comunicação tão competitivo. Estes foram realmente os dias que mais me marcaram, mas não quero deixar de fazer referência aos outros dias pois apesar de estes serem provavelmente menos interessantes do ponto de vista do nosso curso, não deixam de ser relevantes na nossa formação, nesta área tão vasta da comunicação. Por fim, os meus parabéns a organização, e que esta brilhante iniciativa se repita ano após ano.


Pedro Gonçalo Ferreira dos Santos
1º Ano, turma B, do curso de Relações Públicas e Publicidade

6:54 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Ainda bem que existem iniciativas como esta da Semana da Comunicação pois ajuda-nos a ter outras visões e a conhecer melhor em que areas podemos nos inserir e a desenvolvermos ideias. E como tal todos os temas foram importantes começando pelo 1º dia que foi sobretudo digno pois tivemos o prazer de conhecer uma pessoa que tanto ouvimos falar, o Dr. Américo Ramalho e foi interessante pois ficámos esclarecidos em relação ás provedorias, e para que existem.
No 2º dia podemos saber de como o desporto é importante para a publicidade das marcas. No 3º dia dedicado á area financeira ejudou-nos a perceber de como é importante termos um veiculo entre a informção e a area financeira, e gostei sobretudo de ter o conhecimento que o J.N.nasceu de uma iniciativa de pessoas que arriscaram para nos trazerem informaçao diferente á que estavamos habituados. Penso que o 4º dia foi aquele que nos chamou mais atenção para a problemática que hoje existe em relação ás mudanças climáticas que afectam o nosso planeta e de como as organizações podem ajudar a modificar mentalidades para a contribuição de um melhor meio ambiente. No último dia podems assistir a uma das melhores apresentações e mais completas em relação a uma marca como Red Bull que nos ajudou a compreender o porquê de tanto sucesso, e por fim sem menosprezar a última conferência foi importante pois ficamos a saber que existe uma organização que arrisca e aposta em jovens em inicio de carreira que se esforcem e tenham resultados no seu trabalho. E assim considero que foi uma semana muito instrutiva.

Otília Soares
1º ano turma C

8:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Na minha opinião os convidados de que mais gostei na Semana da Comunicação foram os seguintes:
No primeiro dia - Dr. José Nuno Martins,Provedor do Ouvinte, que nos ilucidou acerca da sua actividade e também do relatório anual que é divulgado na RTP. Aproveito também para destacar a homenagem feita ao Professor Américo da Silva Ramalho.
No segundo dia - Dr. Nuno Teles, director de marketing da Centralcer, que falou sobre a aliança da Sagres á Selecção Portuguesa de Futebol.
No terceiro dia - Dr. Pedro Guerreiro, Director do Jornal de Negócios.
No quinto dia - Dr. Pedro Silva Nunes, Director Geral da Red Bull em Portugal e a Dra Renata Prado, Directora Criativa da Kastner & Partners que falaram de como a marca aposta em novos atletas de forma a ajudá-los a progredir. Foi uma apresentação muito interessante pois mostraram diversos anúncios da Red Bull e também excertos de eventos da marca.

Margarida Prata
RPP 1ºB

10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Resumidamente, a semana da comunicação foi muito importante para os estudantes, e em geral, constitui assim, uma mais valia para a nossa instituição.
Pessoalmente gostei do 2º dia "O Desporto como Veículo da Comunicação de Marca" e o dia 5º "Red Bull"

Sérgio Vieira 1º ano rpp turma B

10:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

SEMANA “COMUNICATIVA”


De facto, houve um esforço bastante grande por parte dos organizadores em transformar esta semana num evento mediático e num veículo de sobrevivência/presença da comunidade INP.

O primeiro dia foi um pouco cansativo e demasiado extenso, pois juntar 3 provedores na mesma sala, levou com que as presenças da assistência se fossem disseminando aos poucos..!

Quando se fala de desporto, o caso muda de figura, pois a malta gosta mesmo é dela fresquinha a acompanhar o relato! Porque perfeita, perfeita só a nossa Selecção ;)

Claro que todos nós precisamos de fazer contas à vida, vai daí tomamos consciência da realidade, quando percebemos que nunca existem orçamentos coerentes para a área da comunicação!!!

Depois há que fazer relatórios e análises da envolvente, tomando de ponta o quanto estamos a saturar o mundo com a nossa presença e o quanto um dia tudo isso se irá virar contra nós, se não tomarmos medidas sérias!

Bom, claro que de uma forma geral abordámos temas actuais, que nos prendem a atenção, nos trazem algumas dúvidas e que ás vezes nos parecem tão básicas que perdemos a coragem de questionar os oradores!

Como balanço final, ficou-me a angústia pelas palavras de fecho da Lusófona, e quase que me trouxe a garantia que de futuro a nossa comunidade seja um mito de quem frequentou este Instituto e que alguém mais tarde passe a ter um papel de contador de histórias sobre o optimismo com que se tenta reavivar a marca INP…

Esperemos no entanto, que cada um de nós possa ser um caso de SUCESSO numa semana a realizar algures num futuro promissor!

Cabe a cada um de nós defender o nosso profissionalismo e a nossa capacidade lutadora de resistência!!!

Good Luck to all of us…!!

Patrícia Marçalo
4ºC RPP

10:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pela primeira vez na semana da comunicação, que já dura desde 1988/89, eu estive presente!
Gostei de toda a semana, mas especialmente do 1º, 2º e último dia.
No 1º dia é de relembrar a homenagem a Américo Ramalho, este grande senhor que tanto contribui para o INP ser o que é, e nos faz acreditar.
No segundo dia, tendo como tema “O desporto como veículo de comunicação”, destaco o Sr. Nuno Teles (Director de marketing da centralcer – Central de Cervejas e Bebidas). Foi muito interessante a apresentação que fez, a sagres selecção é um bom exemplo que nos pode servir de “modelo” para chegar a novas ideias um dia mais tarde quando estivermos no mercado de trabalho.
No último dia intitulado por “Marcas de Sucesso” foi de extrema importância o testemunho dos representantes da red bull. É uma marca que tem uma estratégia de comunicação extraordinária, o que lhe permite alcançar os resultados excelentes que estão à vista.
Neste último dia terminamos em grande! E a cereja em cima do bolo foi mesmo o jantar com ex e actuais alunos, para além do convívio e diversão é de se notar a merecida homenagem a todos os que contribuem ou contribuíram de uma forma especial para esta família.
Em geral toda a semana foi muito produtiva. Os meus parabéns e muito obrigado a toda a organização por nos proporcionarem a oportunidade de aprender um pouco mais...
E é com orgulho que digo: “EU FAÇO PARTE DO INP.”
Penso que toda esta semana só veio reforçar a identidade do nosso instituto, mostrando que continuaremos vivos e activos por muitos anos, tentando sempre melhorar.

Marisa Ribeiro 1º ano rpp-tarde

10:41 da tarde  
Anonymous Marisa Ribeiro RPP 1º ano - tarde said...

Pela primeira vez na semana da comunicação, que já dura desde 1988/89, eu estive presente!
Gostei de toda a semana, mas especialmente do 1º, 2º e último dia.
No 1º dia é de relembrar a homenagem a Américo Ramalho, este grande senhor que tanto contribui para o INP ser o que é, e nos faz acreditar.
No segundo dia, tendo como tema “O desporto como veículo de comunicação”, destaco o Sr. Nuno Teles (Director de marketing da centralcer – Central de Cervejas e Bebidas). Foi muito interessante a apresentação que fez, a sagres selecção é um bom exemplo que nos pode servir de “modelo” para chegar a novas ideias um dia mais tarde quando estivermos no mercado de trabalho.
No último dia intitulado por “Marcas de Sucesso” foi de extrema importância o testemunho dos representantes da red bull. É uma marca que tem uma estratégia de comunicação extraordinária, o que lhe permite alcançar os resultados excelentes que estão à vista.
Neste último dia terminamos em grande! E a cereja em cima do bolo foi mesmo o jantar com ex e actuais alunos, para além do convívio e diversão é de se notar a merecida homenagem a todos os que contribuem ou contribuíram de uma forma especial para esta família.
Em geral toda a semana foi muito produtiva. Os meus parabéns e muito obrigado a toda a organização por nos proporcionarem a oportunidade de aprender um pouco mais...
E é com orgulho que digo: “EU FAÇO PARTE DO INP.”
Penso que toda esta semana só veio reforçar a identidade do nosso instituto, mostrando que continuaremos vivos e activos por muitos anos, tentando sempre melhorar.

10:44 da tarde  
Anonymous Daniela Marques said...

Vou deixar aqui o meu testemunho sobre esta grande semana.
Foi a primeira vez que participei e achei muito interessante e produtivo na medida em que me proporcionou contacto com realidades do mundo do trabalho, exemplos reais!
Os temas mais interessantes foram “O desporto como veiculo de comunicação” do qual destaco a Central de Cervejas e “Marcas de sucesso” onde tive conhecimento de um excelente exemplo, a marca Red Bull.
Todos os dias tiveram a sua importância, todos eles nos deram a conhecer um pouco do mercado para o qual lutamos para entrar.
Espero que esta iniciativa se mantenha por muitos anos pois é bastante importante para todos os alunos, bem como para fortalecer o nosso instituto.
Obrigado a todos os que colaboraram para nos proporcionar esta experiência tão enriquecedora.

10:55 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A “Semana da Comunicação” já a muito que é um marco importante do INP.
Este ano fomos contemplados com uma semana repleta de temas cativantes para o nosso futuro profissional.
Apreciei os discursos trazidos não só pelo conteúdo das apresentações, como pela esperança que tivemos em ver que todos podemos construir projectos de marcas sólidas, que venham a vingar no mercado. O mais importante é ter boas ideias. E conseguir ter um projecto de financiamento...
Tendo estado presente em todos os dias, em particular gostei muito de dois dias que foram eles; o segundo dia: “O Desporto como Veículo da Comunicação de Marca” e o ultimo dia “Casos de Sucesso - Red Bull”. Destacar a apresentação da Dra Renata Prado que nos prendeu do início ao fim com as acções da Red Bull.

Nair Antunes
4º Ano, Turma C

11:47 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

SEMANA DA COMUNICAÇAO @ INP
26 de Março: arranca finalmente a tão falada Semana da Comunicação no INP! As expectativas eram elavadas, e o tema do 1º dia era bastante atractivo! Acho por ter uma expectativa tão elevada em relação a este acontecimento, desiludi-me um pouco no 1º dia! Penso que os convidados nao focaram muito no tema prosposto, ocupando mais o tempo da conferencia falando da experiencia pessoal, quando esperava que fossem mais tecnicos! Infelizemente por motivos pessoais, nao pude assistir parte do discurso do 2º convidado e por consequente o discurso completo do ultimo. Mas em termos gerais o 1º dia até correu bem, porque levou-me a assistir ao 2º dia de conferencias.
27 Março: Desporto & Comunicação, prato servido perfeito! Dos melhor dias sem duvida. A forma como utiliza-se o desporto como meio de comunicação, os resultados, as tecnicas, os meios, tudo explicado de forma KISS e apelativa.
28 Março: Comunicação Financeira, mais uma boa conferencia, claro que quando se fala de dinheirO torna qualquer "conversa" boa, e esta nao foi exepçao.
30 Março: REDBULL, simplesmente o melhor dia! O facto de me identificar muito com o espirito RedBuLL, tornou a conferencia ainda melhor. Bastante interactiva, animada e claro nao podia deixar de referir: as meninas da RedBull estavam presentes!

ABDUL - 1º ANO - TURMA B RPP.

11:48 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A semana da comunicação, foi sem dúvida, um acontecimento muito enriquecedor para os alunos do INP, que puderam contactar de perto com os excelentes oradores intervenientes.
Apesar de não ter assistido a todas as conferências, destaco a sentida homenagem feita pelo Dr. Nuno Brandão ao Dr. Américo Ramalho e o acontecimento, até então, único, de pela primeira se reunirem o provedor do DN, o provedor do Telespectador e o provedor do Ouvinte, que têm todos como missão principal e acima de tudo, tentar promover a cidadania.

Ana Ferrinho
3ºAno Turma C

10:57 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Já que o meu primeiro comentário não ficou online cá estou eu para escrever o segundo, achei a semana da comunicação bastante interessante e penso que foi muito importante para nos alunos. O dia que mais gostei foi o dia 27, desporto como veiculo de comunicação de marcas, o orador Nuno Teles falou muito bem na questão de associar a marca as emoções do futebol, para mim foi a melhor apresentação apesar de não ter assistido ao último dia que também pelos comentários vejo que foi muito interessante. Aqui fica o meu comentário.
Marta Mendia 1ºRPP

1:01 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Eu gostei imenso da semana da comunicação, na minha opinião foi uma semana muito importante para o INP e sobretudo para nós alunos. Os temas abordados foram também muito interessantes uma vez que nos possibilitou adquirir novos conhecimentos de casos reais de sucesso. Gostei muito do segundo dia em que o tema era - O desporto como veículo da comunicação, e em especial da apresentação do Nuno Teles, no quarto dia o meu destaque vai para Luís Vicente onde o tema era - Comunicação, sustentabilidade e responsabilidade social.
Por fim quero deixar os meus parabéns a toda a organização que possibilitou a realização desta grande semana da Comunicação.

Elisabete Ferreira
1ºano turma B

6:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Comentário à Semana da Comunicação do INP

A semana da comunicação foi uma iniciativa enriquecedora e bastante bem conseguida, tendo em conta a representação significativa da comunidade académica, que se fez sentir ao longo de toda a semana. As temáticas abordadas eram bastante pertinentes para a área onde se insere o nosso curso, como também serviram de alerta para algumas situações de emergência nomeadamente a alterações dos ecossistemas e a possibilidade de alterações ao nível da nossa subsistência em termos futuros, e onde na minha opinião as empresas de grande “porte” trabalhando em conjunto com a comunicação poderão ser de grande auxilio em termos de sensibilização para este problema que nos diz respeito a todos. De frisar ainda que este painel sobre “Comunicação, Sustentabilidade e Responsabilidade Social”, na minha opinião foi de todos o mais dinâmico e marcou o auge da semana, e em que todos os oradores tiveram à altura, e foram bastante explícitos na temática abordada.
Devo de confessar que não me foi possível estar presente no painel sobre “Casos de Sucesso”, com muita pena minha e portanto o meu comentário apenas se restringe aos que tive presente.
Esperava um pouco mais do primeiro painel, em que só posso destacar o Provedor do Telespectador – José Paquete Oliveira, pela sua forma simples e coerente em que abordou o tema orado. No segundo Painel, ficou um pouco além das minhas expectativas, mas no entanto devo de confessar que superou o primeiro painel, e que me despertou algum interesse para o fenómeno da estratégia de associação de bebidas (não) alcoólicas a eventos de cariz desportivo e nomeadamente certificar o seu sucesso. No que confere à temática que correspondia ao painel da quarta-feira “Da Informação à Comunicação Financeira”, de salientar o orador Pedro Guerreiro – Director do Jornal de Negócios, na qual a sua presença foi bastante relevante no sentido em que nos facultou uma abordagem do “outro lado” que é o ser jornalista e que para quem venha exercer Relações Públicas faz todo o sentido perceber como funciona, em termos de relações profissionais. Por fim, o momento mais low de toda a semana foi o de sexta-feira “YDreams: A Realidade de um sonho”, que para mim reunia todas as condições para ser uma excelente discurso, e que foi a menos bem conseguido face as anteriores, talvez e atrevendo-me a dize-lo o mais enfadonho de toda a semana. Quanto ao fecho da iniciativa esteve à altura do nosso INP e portanto devo de dar os meus sinceros parabéns a quem esteve no back e front stage, que tornaram esta semana concretizável, e que continuem se possível sempre no sentido de melhor.

Filipa Vilas Boas
4ºC RPP

10:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já esperava que a Semana da Comunicação do INP fosse algo assinalável mas não esperava tanto. Houve de facto momentos de relevância acima da média como foi o caso das participações do dr. Pedro Guerreiro e do prof. António Câmara. Mas todas as conferências foram no geral interessantes, os temas foram escolhidos com grande oportunidade, a comunicação foi abordada duma forma muito abrangente e aprofundada. Todo o trabalho de organização e enquadramento das conferências foi notável. Numa palavra: Gostei.

11:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Já esperava que a Semana da Comunicação do INP fosse algo assinalável mas não esperava tanto. Houve de facto momentos de relevância acima da média como foi o caso das participações do dr. Pedro Guerreiro e do prof. António Câmara. Mas todas as conferências foram no geral interessantes, os temas foram escolhidos com grande oportunidade, a comunicação foi abordada duma forma muito abrangente e aprofundada. Todo o trabalho de organização e enquadramento das conferências foi notável. Numa palavra: Gostei.

11:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

eu gostei muito da semana da comunicação, foi uma semana única na qual aprendi muitas coisas que desconhecia.
o 1 dia foi marcado pela introdução do novo director do grupo ENSINUS, onde afirmou que o INP jamais pode perder a sua força e que a universidade lusofona nunca quer tirar a verdadeira identidade do INP , pois esta é única, forte e mantem-se saudavél.
nesse dia estiveram envolvidos três provedores que desempanham as mesmas funções mas em áreas diferentes.
no 2 dia falamos da publicidade ligada ao desporto, onde este presente um responsavel pelo grupo grey, o director de marketing da sagres e um membro da liga portuguesa de futebol. sem duvida para mim este foi um dos dias mais interesantes e onde eu estive com mais satisfação na conferencia.
o 3 dia foi marcado pela comunicação financeira onde a frase principal foi que a comunicação financeira tem o poder de transformar numeros em letras e letras em numeros.
o 4 dia nao assisti a conferencia logo nao posso falar sobre ela.
no ultimo dia estiveram presentes membros da red bull e da Ydreams.
a nivel da red bull ficamos a saber que foi o caso de maior sucesso a nivel de bebidas, que se associa a ateletas em inicio de carreira e que é uma bebida para todos os targets pois revitaliza o corpo e a mente.
a nivel da Ydreams onde esteve presente o premio pessoa do ano e que terminou a semana da conferencia com a frase " nada e possivel".
mas o fim real desta semana foi com o jantar de semi gala onde todos convivemos como familia que somos.
VIVA AO INP ..... VIVA!!!!!!
catia silva
1 ano turma b

12:05 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Eu penso que o êxito desta semana da comunicação é indubitável, basta visionar os brilhantes comentários muito positivos dos meus colegas sobre este tema, que a meu ver foi simplesmente extraordinário. Mais uma agradável surpresa da nossa notável faculdade.
Os dias que despertaram mais atenção ao meu intelecto foram claramente o dia dos provedores e o dia da Red bull.
Primeiramente no meu entender são dois dias que juntos de certa forma se completam porque tanto a gestão de uma marca, como a opniao do consumidor, são duas matérias de enorme importância para o nosso futuro, contundo penso que o mais completo em relação ao nosso curso tenha sido o 2ºdia, mas penso que a apresentação destes ultimos foi um pouco mais cativante. Gostava de acabar com um obrigado para todas as pessoas envolvidas neste projecto e um especial Obrigado Dr. Luis Rasquilha pela compreensão.

Miguel Baptista
1ºb

2:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

No que diz respeito à Semana da Comunicação, gostaria de aqui deixar algumas das minhas impressões. A 1.ª das Conferências sob o tema "A Provedoria no sistema da comunicação", deu-nos a oportunidade de tomar conhecimento sobre a "realidade" da função de provedor embora, talvez, um pouco repetitiva...
De salientar a merecida homenagem ao Professor Américo Ramalho. Relativamente ao 2.º dia não posso tecer qualquer comentário porque não estive presente.
A 3.ª Conferência, não sendo das mais "animadas", cumpriu a sua função de nos apresentar as Relações Públicas no âmbito da Gestão Financeira.
No 4.º dia falou-se do estado do planeta, sustentabilidade das empresas e Responsabilidade Social e, em suma, deu para perceber que ainda temos um longo caminho a percorrer no que concerne à concretização.
O 5.º e último dia foi, sem dúvida, o mais dinâmico. Apenas estive presente na 1.ª sessão, Red Bull onde, entre outras coisas, foi possível "ver" a aplicação na prática daquilo que temos vindo a estudar.
Foi, sem dúvida, uma semana muito enriquecedora.

Adelaide Maria
RPP, 1.º C

3:23 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A Semana da comunicaçao , foi a meu ver , um projecto com grande importancia, tanto no ambito de expansao para o nosso INP , bem como de um vasto conhecimento em diversas areas da comunicaçao.
No 1º dia , o tema foi " A provedoria no sistema de comunicaçao", o qual mereceu muito da minha atençao, devido ao interesse nesta area.
No 2º dia, falou-se da importancia que o desporto tem como veiculo de comunicaçao de massas e o "peso" que este tem na comunicaçao.
No 3º dia , podemos ouvir falar da comunicaçao financeira , onde foi relatado os mitos e as verdades sobre o jornalismo financeiro e as relaçoes entre empresas e accionistas.
No 4ºdia a conferencia teve como tema a "Comunicaçao, Sustentabilidade e Responsabilidade Social", onde foi nos mostrado a situaçao actual do nosso ecossistema. A qual no meu entender captou e mereceu muita da nossa atençao.
No 5º dia , nao estive presente , mas quanto sei correu igualmente bem. Contudo , gostava de agadecer a todas as pessoas envolvidas neste projecto , pela belissima semana de comunicaçao que nos proporcionaram.

Vera Martins 1ºC

8:54 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Quando o professor (Luís Rasquilha), falou-nos desta iniciativa” Semana da Comunicação”, pensei logo que seria interessante, não só para o INP como também para nós, alunos desta instituição. Com isto, iríamos a “prender” com os profissionais, que iriam participar nesta iniciativa.
Apesar de não ter conseguido ir a todas as conferências, por motivos de força maior, tive a oportunidade de assistir à 1ª, cujo tema era “Comunicação Função de Gestão”.
Esta conferência teve uma sessão de abertura, os intervenientes foram: Dr. Carlos Vieira (Administrador – Delegado do Grupos ENSINUS), Dr. Alexandre Safort Tavares (Actual Director Geral do INP), Prof. Dr. Nuno Goulart Brandão (Prof. no INP) e o Prof. Américo Ramalho (Ex. Professor do INP).
Depois passaram a palavra ao Dr. José Carlos Abrantes (Provedor do Diário de Notícias) que nos falou de forma específica, das suas funções como Provedor, sempre com o intuito de esclarecer o leitor e de realçar a importância de ouvir os jornalistas visados nas reclamações. Finalizou o seu discurso, dizendo que faz um balanço positivo da sua actividade como Provedor.
A seguir deu a palavra ao Dr. José Nuno Martins (Provedor do Ouvinte), que nos falou do apreço que tem pelo o INP, agradecendo pelo facto de estar novamente a participar nesta iniciativa no Instituto. Falou nos da sua actividade e de como é importante. Explicou nos que anualmente elabora um relatório da sua actividade, que por sua vez, é divulgado, obrigatoriamente, na RTP. Explicou-nos qual o papel do Ouvinte.
Esta intervenção, foi para mim particularmente interessante, uma vez que eu o admiro como profissional que é.
Por último, falou o Prof. José Manuel Paquete de Oliveira (Provedor dos Telespectadores), falou nos como surgiu a necessidade de criar uma instância para gerir o público anónimo. Destacou a importância do papel de provador, dizendo que “ o Provado existe para tentar promover a cidadania”, e a importância da sua actividade.
O encerramento teve como moderador o Prof. Nuno Goulart Brandão, que realço para o facto de ser a primeira vez que se conseguiu juntar numa iniciativa, a título de conferência os 3 Provedores, dos três tipos de meios de comunicação.
Com esta conferência pude compreender melhor as suas funções e actividades, como Provedores.
Para o INP, sou troce mais valias!!!!!

Patricia Nogueira
3ºC

12:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

O que dizer sobre esta semana da comunicação?
Como todos os que assistiram tive as minhas preferencias mas isso não invalidou o que aprendi nas outras pois achei que esta semana da comunicação foi muito elaborada e trabalhada por todos os intrevenientes, o que exedeu as expectativas de todos nos alunos, o que pode constactar em conversa com os meus colegas.
Não quero deixar de referir as palestras que mais interesse me despertaram.
O tema “O desporto como veículo da comunicação de marca” foi para mim um dos momentos altos, pois ajudou-me a compreender melhor as ligações entre desporto e as marcas e como retirar os melhores resultados desta associação para isto contribuiu muito a apresentação da Sagres pelo Dr. Nuno Teles e a apresentação da Grey apesar de todas as dificuldades tecnicas (acontece a todos nós).
De referir o tema “Da informação à comunicação Financeira”, era um tema que a partida pensava pouco interessante e que me suprendeu muito, devido talvez a excelete apresentação dsos intrevinientes, um destaque para o Dr. Pedro Guerreiro, Director do Jornal de Negócios, esteve brilhante.
Por ultimo uma pequena referencia a Red Bull, onde os oradores nos ajudaram a perceber o por quê desta marca ser um sucesso o que nos revitalizou corpo e mente.
Espero que o INP nos continue a supreender.

Ricardo Sá Costa
RPP 3ºC

6:15 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Apesar de fora do tempo, acho essencial deixar o meu comentário á Semana da Comunicação, pois
iniciativas como estas são de manter, a Comunicação faz parte do nosso dia-a-dia. A interdisciplinaridade dos temas abordados faz com que tenhamos consciência da importância que a Comunicação tem na sociedade. Do modo como os temas foram abordados, pode-se concluir que a Comunicação é o elo de ligação entre os oradores e os participantes, de um modo envolvente. É importante Comunicar, mas acima de tudo ouvir e perceber o que foi transmitido, para se ter noção do conhecimento que daí advém. Tenho ainda de referir que apesar de ter gostado de todos os temas em geral, pois todos me deram novs conhecimentos, os temas que mais me agradaram foram os do ultimo dia, Casos de Sucesso:
– Red Bull: Uma Marca de Sucesso
- YDreams: a Realidade de um Sonho
pois como finalista do curso de rpp e com a esperança de fazer carreira na area da Publicidade, estes foram os temas que mais me fascinaram e que contribuiram para alargar os meus "horizontes" em vários aspectos da area da Publicidade e da Comunicação, sendo que este factor é para mim bastante relevante, pois nestas areas as aprendizagens que podemos adquirir com verdadeiros especialistas e a constante busca de informações são essenciais para se conceber novos e actuais conhecimentos e posteriormente para o sucesso.

Vanessa Pereira
4ºano Turma C

12:33 da manhã  
Anonymous Ana Terrível said...

Para mim a semana da comunicação no INP foi uma grande surpresa positiva! Pensei que fosse uma semana em que a comunicação seria o tema base de uma serie de actividades e iniciativas (desmotivada pensei que seriam mais à base de festas) mas nunca pensei que se tratasse de nada com tanto interesse e qualidade como o que assisti,valeu muito a pena, para o ano quem nao foi nao deverá faltar.
Iniciativas assim são de reconhecer e continuar a repetir muitas vezes... Os temas foram variados,abrangendo desde o desporto; á area financeira; ao motociclismo; a bebeidas energéticas; a bebidas alcoolicas; evolução do mundo e todas as suas alterações a nivel de ecossistemas; etc...fazendo a ligação naturalmente com o sector empresarial, as Relações Publicas; a comunicação; a publicidade (como criaram o sucesso da marca) e o marketing como estrutura para cada um destes projectos.
Nas apresentações, os oradores, foram sempre pessoas de grande interesse, qualidade e empenho em comunicar conosco, o que fez crescer a vontade de participar neste tipo de eventos.
Para mim,claramente a destacar, os oradores do 4º dia (em especial DR. Luis Vicente) e do último dia o Dr. António Câmara (CEO da YDREAMS).

A todos od que tornaram esta semana possivel de se concertizar, obrigada.
Espero que se repita.

A aluna,

Ana Terrível, turma B, 1º ano, curso de RPP

3:29 da tarde  
Anonymous Ana Terrível said...

Para mim a semana da comunicação no INP foi uma grande surpresa positiva! Pensei que fosse uma semana em que a comunicação seria o tema base de uma serie de actividades e iniciativas (desmotivada pensei que seriam mais à base de festas) mas nunca pensei que se tratasse de nada com tanto interesse e qualidade como o que assisti,valeu muito a pena, para o ano quem nao foi nao deverá faltar.
Iniciativas assim são de reconhecer e continuar a repetir muitas vezes... Os temas foram variados,abrangendo desde o desporto; á area financeira; ao motociclismo; a bebeidas energéticas; a bebidas alcoolicas; evolução do mundo e todas as suas alterações a nivel de ecossistemas; etc...fazendo a ligação naturalmente com o sector empresarial, as Relações Publicas; a comunicação; a publicidade (como criaram o sucesso da marca) e o marketing como estrutura para cada um destes projectos.
Nas apresentações, os oradores, foram sempre pessoas de grande interesse, qualidade e empenho em comunicar conosco, o que fez crescer a vontade de participar neste tipo de eventos.
Para mim,claramente a destacar, os oradores do 4º dia (em especial DR. Luis Vicente) e do último dia o Dr. António Câmara (CEO da YDREAMS).

A todos od que tornaram esta semana possivel de se concertizar, obrigada.
Espero que se repita.

A aluna,

Ana Terrível, turma B, 1º ano, curso de RPP

3:30 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A Semana da Comunicação foi uma oportunidade para perceber matérias que aprendemos nas aulas, através de pessoas dentro do meio. A relação entre um orgão de comunicação social e uma empresa, que pude ver no 3ºdia, e a relação anunciante-agência-vendedor de espaço à qual assisti no 2º, são alguns dos exemplos.
Esta Semana da Comunicação começou com uma homenagem ao Dr. Américo Ramalho, por tudo o que fez para desenvolver as Relações Públicas no nosso país. Neste 1ºdia, os oradores foram os três provedores dos meios de comunicação mais relevantes: tv, rádio e imprensa, onde se falou sobre as suas funções e responsabilidades, assim como de alguns casos.
No 2ºdia o assunto foi as marcas que se aliam ao desporto como forma de comunicação, onde se falou de marcas que utilizam desportistas na sua comunicação e da história que a marca Sagres tem com o desporto.
No 3ºdia, a comunicação financeira foi o tema, tendo sido discutidos as relações e obrigações que uma empresa tem com os seus investidores, e como é que um jornal entra nesta relação.
A temática do 4ºdia foi o desenvolvimento sustentável das empresas, onde se debateu o estado do planeta e a responsabilidade social que as empresas têm hoje em dia.
No 5º e último dia, foram apresentados 2 casos de sucesso, a Red Bull e a YDreams, onde foi demonstrado o que está por detrás de uma marca de sucesso, desde a comunicação e eventos originais, à filosofia e valores da marca.
A Semana da Comunicação ficou por aqui, e agora, que venha mais para o próximo ano.

Pedro Parelho
RPP - 3ºC

11:49 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A Semana da Comunicação foi uma oportunidade para perceber matérias que aprendemos nas aulas, através de pessoas dentro do meio. A relação entre um orgão de comunicação social e uma empresa, que pude ver no 3ºdia, e a relação anunciante-agência-vendedor de espaço à qual assisti no 2º, são alguns dos exemplos.
Esta Semana da Comunicação começou com uma homenagem ao Dr. Américo Ramalho, por tudo o que fez para desenvolver as Relações Públicas no nosso país. Neste 1ºdia, os oradores foram os três provedores dos meios de comunicação mais relevantes: tv, rádio e imprensa, onde se falou sobre as suas funções e responsabilidades, assim como de alguns casos.
No 2ºdia o assunto foi as marcas que se aliam ao desporto como forma de comunicação, onde se falou de marcas que utilizam desportistas na sua comunicação e da história que a marca Sagres tem com o desporto.
No 3ºdia, a comunicação financeira foi o tema, tendo sido discutidos as relações e obrigações que uma empresa tem com os seus investidores, e como é que um jornal entra nesta relação.
A temática do 4ºdia foi o desenvolvimento sustentável das empresas, onde se debateu o estado do planeta e a responsabilidade social que as empresas têm hoje em dia.
No 5º e último dia, foram apresentados 2 casos de sucesso, a Red Bull e a YDreams, onde foi demonstrado o que está por detrás de uma marca de sucesso, desde a comunicação e eventos originais, à filosofia e valores da marca.
A Semana da Comunicação ficou por aqui, e agora, que venha mais para o próximo ano.

Pedro Parelho
RPP - 3ºC

11:49 da tarde  
Anonymous Fred Marques said...

No que à “Semana da Comunicação” me diz respeito, tenho uma ideia mais centrada no “backstage” do que própriamente nas exposições dos oradores. Contudo, e apesar do, por vezes, árduo trabalho de preparação da mesma, quando os resultados surgem, e todos os comentários aqui deixados disso constituem prova, vale a pena o trabalho realizado. Essa semana, e todas as semanas anteriores foram de movimento constante para nós que realizámos as cofnerências, foram dias de correria de faculdade em faculdade a promover e noticiar a realização desta, nas actuais instalações do Instituto Superior de Novas Profissões. No “backstage” possibilitou que conhecesse mais pessoas, quer da minha, quer professores, oradores e/ou convidados das conferências. Atribuiu-me competências de elevada responsabilidade, pondo-me em prova para com as minhas próprias capacidades.
Relativamente às conferências em si, sem dúvida que a presença, apesar de debilitada, do Prof. Dr. Américo Ramalho, deixou qualquer pessoa que marcava lugar extremamente emocionada e agarrada a um Homem com um saber imenso, em particular na nossa área, mas não apenas nela.
Para mim, pareceu-me mais jóvem, mais cativante a sessão do “RedBull” não só pelas “meninas bonitas” que ajudam os bombeiros a combater, mesmo que indirectamente, os fogos florestais no verão, bem como pela forma clara, eficaz, e concisa, mesmo apesar de um dos oradores ser de nacionalidade castelhana.
Rematando, parece-me a mim que o resultado é extremamente positivo e que para o ano haja mais “Semana da Comunicação”.

Frederico Marques Pereira
1º Ano B – R.P.P.

11:31 da tarde  
Blogger LuisRasquilha said...

"Congresso INP



Em primeiro lugar devo dizer que, para um aluno de primeiro ano, um congresso deste tipo permite conhecer todo um mundo ainda pouco conhecido! Permite começar a visualizar tudo o que irá ser o nosso futuro enquanto profissionais ligados á comunicação.

Todos os dias senti que aprendi algo novo e que, em momento algum, foi considerado tempo perdido, muito pelo contrário!

Relativamente ao Congresso propriamente dito:



Destaques:



- Dr. José Alberto Antunes, Director de Marketing Ibérico da Coca-Cola, quanto a mim, uma das melhores apresentações a que assisti, manteve-me sempre com a atenção no limite, sempre com informações interessantes e estimuladores (ex. A palavra coca-cola ser a segunda palavra mais dita no mundo.)



-Dr. Vítor Vasques, CEO Grupo Grey Portugal, outro grande momento passado no Auditório 1. A Ideia de mostrar as “Más Vs Boas” ideias é uma ideia excelente que nos permite ver o que se deve e o que não se deve fazer.



- Dr. Hernani Gomes, Director-Geral Comercial Cofina, com aquele relato fantástico do estereotipo futurista que, na realidade, era actual. Outro grande momento.



-Dr. Nuno do Carmo Costa, Director de Relações Públicas da Porsche, relatou-nos que é muito importante uma marca manter os seus valores independentemente de crises financeiras ou outros aspectos sociais.



Como mais valia retiro todo o congresso, pois ainda hoje recorro a exemplos dados naquele auditório quando quero e não consigo exemplificar algum tema.



Os temas a serem explorados futuramente, poderiam ser o quotidiano de uma Agência de Publicidade, ou como é a relação entre Agencia de publicidade de marca\cliente.



Tiago Paço, RPP 1T1"

4:04 da tarde  

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home