quarta-feira, setembro 05, 2007

Uma ajuda para todos quantos enfrentam desafios

Algo do qual me orgulho é do facto de ter nos meus alunos pessoas que mais do que estudarem ou apenas decorarem pensam, criticam, reflectem e propõem, ousando, arriscando e até provocando.

Tive o grato prazer de ter na turma de Pós Graduação de RP e Gestão da Comunicação do INP do passado ano lectivo um conjunto de outputs que cumprem exactamente as ideias expressas no parágrafo anterior. Pessoas que pensam, propõem, criticam e inovam.

Transcrevo aqui parte do texto de um trabalho final, da Rita Pires Marques, que pode ajudar todos aqueles que se encontram perante desafios a enfrentá-los de forma positiva. Seja para uma frequência que não estão prepardos, seja para uma apresentação onde a confiança é menor, seja para o que seja.

Serve apenas de inspiração a todos quantos querem mais do seu dia-a-dia.


“Desenvolvam uma tendência!”

A minha alma tremeu e o meu ser sentiu, por instantes, um profundo calafrio, ao ouvir estas palavras proferidas pelo professor.

Descobrir uma tendência do mercado da Comunicação era o tema do trabalho final desta cadeira. A única coisa que consegui prever, de imediato e sem qualquer margem para dúvidas, foi a grande dor de cabeça que me assaltaria a mente nos meses que se seguiam.

Como fazer o que pedia? Como recriar e desenvolver uma tendência num mercado complexo como este, o da Comunicação? Como analisar o passado e o presente, tentando projectar um futuro mais incerto que certo? Como prever os novos caminhos quando os ramos que o constituem são múltiplos e tão diversificados? Como apresentar uma tendência num mercado em constante mutação e contínua transformação e evolução?

A tarefa não era de facto simples. O desenvolvimento deste tema, para que os resultados fossem minimamente interessantes e merecedores de uma avaliação satisfatória, não era, de facto, nada fácil.

Visto isto, e ultrapassando todos os primeiros medos e receios de uma típica aluna de pós-graduação, ainda insegura relativamente ao seu desempenho na dita área mas decidida a apresentar um bom trabalho, decidi organizar os meus pensamentos. De facto, havia tanto para falar que facilmente me perderia dentro deste jogo de tendências, deste complexo campo de supostas previsões, pseudos futuros, se não estipulasse, a priori, o método de trabalho a utilizar e o desenvolvimento do mesmo.

Lembrei-me então o que Carlos Coelho, especialista em criação e gestão de marcas, outrora disse sobre este mesmo tema, focando a, por ele chamada, Futurivity: “O futuro do marketing (future creativity) passa por usar a criatividade das pessoas e a enorme disponibilidade e democratização da tecnologia, fazendo um mix de plataformas reais e ficcionadas, no sentido de penetrar o imaginário dos consumidores, sem preconceitos e apenas com uma certeza, a de que aquilo que muitos julgam tratar-se de pura ficção é hoje já uma imparável realidade.”

Com isto em mente, o ponto de partida mais inteligente seria entrar em contacto directamente com o consumidor. Desta forma, através de um pequeno texto sobre Comunicação, tentei retirar o máximo possível de opiniões do mundo consumidor à minha volta. O meu objectivo tornou-se então escrever O Diário de uma Tendência. Analisando o mercado e analisando os pensamentos de pessoas comuns, pretendi então elaborar o nascimento e a criação de uma possível tendência.


Por vezes não há nada melhor que uma mente limpa e livre de ideias preconcebidas e conceitos predefinidos…

Ah. A Rita teve 19 valores o que, para aqueles que me conhecem, é uma nota rara de existir, mas que premiou o arrojo, a provocação e a coragem de arriscar, o que prova que pensar fora da caixa, de forma diferente e com uma outra perspectiva é cada vez mais o caminho do sucesso.

4 Comments:

Anonymous Manuela Marreiros said...

Parabéns à Rita pelo excelente trabalho e obrigada ao professor por tudo o que nos transmitiu ao longo do curso. A chave do sucesso passa, sem dúvida, pelos excelentes profissionais com quem nos cruzamos ao longo da nossa aprendizagem. Foi um prazer fazer parte deste grupo.

11:00 da manhã  
Anonymous Cristina Augusto said...

Parabéns à Rita!

11:32 da manhã  
Blogger rita said...

Só um excelente professor nos permite arriscar, provocar, desafiar e enfim, inovar!...

Parabéns a todos e muito obrigada por tudo.

Faço minhas, as palavras da Manu: "Foi um prazer fazer parte deste grupo"! :)

12:00 da tarde  
Anonymous Filipa Patrício said...

Nao posso deixar de concordar e comentar... Rita parabéns. Professor foi um prazer. Aprendemos mais, sabemos mais, seremos melhores..

12:38 da tarde  

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home