quinta-feira, fevereiro 09, 2006

1,2,3 Borliu outra vez

Cada vez que o telefone toca numa agência a probabilidade de se ser chamados para um concurso aumenta.

Porque cada vez que um cliente tem um problema e a solução não surge ali de imediato faz um concurso. Para quê?

Para que a sua actual Agência não se sinta dona do mundo e não refreie a sua dedicação à conta; para que se possa fazer um benchmarketing do mercado e com isso renegociar condições; porque, e isso é recorrente, estamos com falta de ideias e um concursozito com quaisquer 5 Agências nos traz 5 dossiers repletos de ideias mais ou menos interessantes e melhor ainda.... de borla.
De facto, cada vez que se faz uma proposta em concurso dá-se um conjunto de ideias, conceitos, layouts, orçamentações, ... , que caso não se seja o feliz contemplado com a vitória, serviu única e exclusivamente como um fantástico projecto de consultoria em comunicação que custou 0 (zero) ao cliente e muito às Agências.

O grave é que a partir do momento em que se começou a aceitar a participação em concursos sem um rejection fee, assumimos a nossa função de consultores de borla para casos em que investimos, sejemos francos, tanto ou mais do que em qualquer outra proposta para actuais clientes.

E cientes disso há quem aproveite a deixa e mobilize as suas tropas para a consultoria de borla com discussões e pedidos de alterações à mistura. E no fim até suspendem o projecto ou entregam os dossiers a um boteco que adapta a ideia.

Casos destes acontecem frequentemente e em todas as áreas da comunicação – publicidade, relações públicas, marketing directo, ... – pois temos de ser forçosamente um mercado cada vez mais 360 e global e as propostas são a todos os níveis. Mais grave é quando por feliz coincidência “o alguém” que ganhou tinha exactamente a mesma ideia...

Alguns dos leitores poderão estar neste momento a questionar a veracidade ou legitimidade deste conteúdo. O que fica no ar é: qual a nossa capacidade de lidar com situações deste tipo, reveladoras da desunião deste mercado e da cada vez maior adesão ao 1,2,3 borliu outra vez?

0 Comments:

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home