terça-feira, fevereiro 26, 2008

Congresso INP

Começou no dia 25 de Fevereiro o Congresso INP com um conjunto de seminários e intervenções focadas nos temas onde o INP enquanto escola líder tem actuado. A Comunicação, o Turismo e a Assessoria são esta semana palco de um conjunto de intervenções de distintos oradores, todos ex-alunos da casa.

No final do Congresso será colocada neste Blog um resumo sobre o que de mais importante aconteceu e foi referenciado, com especial destaque para o jantar da comunidade INP a acontecer dia 29.

Até lá convido todos a acompanharem os vários dias de seminários presencialmente, ou mesmo à distância de um click:

Assista em Directo ao Congresso
http://videos.sapo.pt/yHcZuCUerAe4fgqQ26m9

2 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Foram abordados variados temas, os que mais tiveram interesse para mim, sendo alguns deles:

• Estratégia e posicionamento
• Comunicação global e marketing
• Estratégia integrada, a nível de retalho e venda
• Comunicação de marca
• Credibilidade e notoriedade
• Marketing local
• Modelo de excelência operacional
• Stocks
• Fases de introdução das marcas
• Eventos
• Rádio
• Imprensa
• Outdoor
• TV
• Internet
• Comunicação interna
• Diferenciação
• Inovação
• Agressividade e produtividade dos espanhóis
• Mexicanos pobres mas felizes
• Portugueses demasiado educados e respeitadores (se bem que existe algumas excepções)
• Atitude
• Liderança
• Sucesso = fazer melhor e depressa
• Somos diferentes mas iguais
• Mérito é que conta (performance e evolução)
• Necessário mudar o método e trabalho das empresas
• Língua Inglesa essencial e a localização geográfica também são muito importante para a produção e aceitação dos produtos/serviços
• Por exemplo, quando vamos no centro comercial recebemos uma sms referente à loja de que estamos a passar mesmo ao lado, relativamente a uma promoção ou a um produto. Esta é uma das provas de que as nossas escolhas são controladas.
• Foram enunciadas empresas de grande valor, nomeadamente Shell, BP, Renault, Procter & Gramble, Prada, Johnson & Johnson, Nívea, LG, Intel, Caterpillar
• A Queda da Publicidade e a Ascensão das Relações Públicas é um importante livro a reter em mente e lê-lo.
• Hoje em dia a motivação é uma importante chave para o sucesso das marcas, sendo a Coca-Cola um desses exemplos, visto que transmite felicidade, união…
• Transmitiram que os estudantes do INP têm de entender, entender e descodificar o que aprendemos em aulas e essencialmente no que lemos.
• É necessário optimismo, dinâmica de grupo, estar sempre actualizado quer a nível tecnológico, quer a nível de conhecimento. E essencialmente, viajar para conhecer novas maneiras de pensar e lidar com as mais variadas situações.
• Pennzoil: simples, memorável, com impacto, relevante, declinável
“Not just oil, pennzoil”
• Estudos de mercado são importantes para avaliar se o produto vai ser bem aceite ou não pelo consumidor (tempo é precioso e uma questão de ser bem sucedido ou um fracasso)
• “O logo é a ponta do iceberg”
• Marca constituída por valores, promessas, benefícios, cultura
• Pepsi challenge em provas de sabor
• “Não é suficiente ter o melhor produto do mercado”
• brand management: analysis- paralysis(pré, durante e depois da análise da realidade)
• É necessário exceder a promessa
• Perde-se clientes se falharmos no produto/serviço
• É necessário haver mudanças para haver desenvolvimento e novas oportunidades
• Consumidor exigente, selectivo e interessado nas marcas
• Regras para ser uma boa ideia, nomeadamente são imortais, conseguem-nos surpreender, ir ao encontro dos consumidores…
• É necessário aproveitar todas a boas ideias, daí que haja fusões entre várias empresas, desse modo, controlam melhor o território e o mercado das marcas e seus concorrentes
• É necessário saber responder a todas as situações imprevistas e previstas que ocorrem com os consumidores e respeitar cada traço da realidade

Estes foram os pontos que tiveram maior relevo para mim e igualmente teve um valor acrescentado ao nos mostrarem anúncios, campanhas e making-off’s de anúncios.

Higiene, segurança, spas, terapias de relaxamento, como lidar com o stress, fiscalização de empresas, controlo de marcas que sejam verdadeiras e eliminar as falsas e as que prejudicam o consumidor são possíveis temas a serem abordados futuramente.

Telma Vieira 1N1

12:09 da manhã  
Blogger Eu said...

Caro Professor,

a vida de estudante-trabalhador não é nada fácil. Por muito interessantes que sejam estas reuniões nem sempre a vida profissional nos permite participar nas mesmas. Foi o meu caso. Não foi por falta de interesse, mas apenas estive presente no inicío e no fim do congresso. Neste sentido, não acho de todo correcto opinar sobre algo em que não participei. Podia pedir apontamentos emprestados, mas qual é o interesse de copiar a opinião de outros? Por isso, este é o único comentário que posso fazer: penso que este tipo de eventos são de grande interesse para os alunos. Acredito ser de grande importância ouvir as experiências de quem está dentro do mercado. Compreender as tendências e as exigências daquela que será muito em breve a nossa profissão. As temáticas apresentadas parceram-me actuais, pelo que vale a pena estar lápara ouvir quem sabe. Tenho apenas pena de ter verifiacado um imenso vai vém de gente a entrar e a sair. De gente que está lá apenas para marcar presença. De gente que está num congresso ao telemóvel. Rídiculo. Mais uma vez lamento não ter participado activamente no evento. Para o ano correrá melhor. Cumprimentos,
Liliana de Almeida Cardoso (3 ano RPP N)

10:58 da manhã  

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home