quinta-feira, novembro 27, 2008

Métodos de Avaliação Criativa

Ainda que a criatividade seja muitas vezes abstracta e intangível, logo dificil de medir ou avaliar, existem alguns modelos que nos podem ajudar a aferir até que ponto é que o resultado da nossa proposta criativa cumpre ou não o que se pretende.

Seguidamente apresentam-se 4 modelos simples de ajuda á análise do output criativo.

1- Árvore Selecção (R. Joannis)
Permite efectuar uma classificação de 1 a 5 em cada item (13 no total) em que 1 é mau e 5 muito bom. A árvore de seleccção agrupa-se em 3 grupos de critérios:
1) Estratégicos:
1.1- Adequação da mensagem.
1.1.1- Ao Alvo;
1.1.2- Aos Objectivos de Comunicação;
1.1.3- À Mensagem - promessa. benefício, reason why;

2) Comunicação:
2.1- Valor da atenção;
2.2- Valor da atribuição;
2.3- Valor da percepção;
2.4- Valor da compreensão;
2.5- Originalidade;
2.6- Credibilidade;
2.7- Resistência à mudança;

3) Realização:
3.1- Exequibilidade;
3.2- Custos produção;
3.3- Disposições legais;


O segundo modelo é designado de Avaliador de Opção, criado por Ben Franklin. Consiste em listar as coisas boas e menos boas da campanha, como se uma meia SWOT se tratasse.
2- Avaliador opção (Ben Franklin):
Prós (+) e Contras (-)

O terceito modelo, de Schultz, pressupõe respostas qualitativas SIM/NÃO com a respectiva justificação - PORQUÊ?

3-Perguntas práticas para a análise criativa
1- A mensagem é clara?
2- O benefício está claramente presente?
3- A imagem apoia o texto e vice versa?
4- O anúncio é de fácil leitura e compreensão?
5- O tipo de campanha é ampla e abrangente?
6- O anunciante/marca está claramente identificado?
7- Foi tirado tudo o que é acessório?
8- O benefício é fácil de realizar?

O quarto modelo da autoria da BBDO segue a mesma forma de preenchimento do modelo anterior.

4- Critérios da análise criativa (BBDO):
1- A campanha atinge e envolve o target?
2- A campanha é simples e comunica claramente a proposta?
3- A campanha é surpreendente/sai da norma?
4- A campanha tem uma ideia central?
5- A campanha é directa?
6- A campanha será recordada?
7- A marca fica claramente registada?
8- A campanha reflecte a personalidade da marca?
9- A campanha é credível?
10- A campanha é extensível?
11- A campanha estimula a imaginação?A campanha cria um certo desconforto


Qualquer uma destas metodologias servem como ajuda à consciência criativa e dão uma visão mais completa sobre as concretizações criativas, passando do estado de "gosto"/ "não gosto" para algo mais profissionalizado.

0 Comments:

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home