segunda-feira, agosto 23, 2010

25 definições de Inovação by Hutch Carpenter




A propósito de um post recente sobre definição de inovação, notei que o termo inovação tem diferentes definições de pessoa para pessoa. Assim, inovação é o que tu entenderes por tal. O que é uma definição útil para mim, pode não ser para outro, e vice-versa.

Através do LinkedIn, perguntei às pessoas sobre a definição de inovação e obtive perspectivas interessantes e valiosas, onde:

1- Desafiei as minhas próprias percepções de inovação e ampliei os meus horizontes
2- Compreendi as diferentes maneiras de como as pessoas falam sobre inovação

Após analisar inúmeros comentários, tirei 25 definições de inovação onde as agrupei num mapa simplificado, de acordo com as suas características semelhantes:
Os cinco temas para as definições são ilustrativos dos principais padrões de pensamento em matéria de inovação. As definições estão apresentadas a seguir.

Modelo de Negócio
Este é o sentido da inovação no contexto mais amplo de empresas e mercados. O significado de inovação refere-se à alteração do panorama.

Ray Meads: Uma solução patenteável (singularidade verificado externo) com um modelo de negócio diferenciado que muda a base de negócios para o sector industrial específico.

Julia Fischer Baumgartner: A minha definição de inovação radical: um produto, processo ou sistema novo que substitui o seu antecessor e tornando-o ultrapassado.

Avigail Berg: Reorganizar as partículas com novos componentes permite novas oportunidades de negócio.

Invenção Aplicada
A Invenção é a criação de algo novo. Acho que na cultura pop americana, Thomas Edison, foi sempre inventando, inventando, inventando. Assim, invenção é aplicada sempre que uma invenção se torna útil para os outros.

Jatin H. Desai: Criatividade é quando se usa o dinheiro para ter ideias. Inovação é quando se usam as ideias para ganhar dinheiro.

Thomas Mathiasen: Inovação: o que é novo, útil e aplicado.

Braden Kelley: Inovação transforma o que são sementes úteis de invenção em soluções som valor acima de todas as outras alternativas já existentes.

Harry Vardis: Ideias que passam através do modelo de negócio e são aceites pelos utilizadores finais.

Peter Balbus: Idealização é o conhecimento aplicado, a criatividade é o aplicar da idealização; invenção é a aplicação da criatividade e inovação é a comercialização bem-sucedida ou a adopção da invenção radical.

Barry Bassnett: Criatividade é o que acontece quando a origem é a imaginação, a inovação é o que acontece quando o ponto de partida é a criatividade; iniciativa é o que acontece quando a inovação é competente, o empreendedorismo é o que acontece quando todos os acima já mencionados são colocados no mesmo cesto e paixão se torna a razão de tudo.

Criatividade
A alavanca interna da inovação é a criatividade. Este sentido de inovação reflecte o nosso pessoal e as relações individuais que nele existem.

Edson Menezes: A inovação pode ser uma linha que liga o intuitivo, o racional e o mercado: a oferta, o servo e o servidor.

Robert Bastarache: Valor + Criatividade + Execução = Inovação.

Lars Christensen: A inovação é desafio de pensar no objectivo final como padrão de comportamento.

Robert Jacobson: Inovação é ver as coisas de forma diferente. Implementar a inovação é conseguir que os outros também vejam diferente.

Umesh Kumar Aherwal: Para mim, é muito mais uma forma artística de utilizar os recursos disponíveis dentro dos parâmetros. A palavra "artístico" pressupõe o que está equilibrado ou proporcional e que exija o pensamento criativo.

Resolução de Problemas
Neste sentido da inovação, o centro resume-se à resolução de questões e desafios. O método de funcionamento actual tem problemas e é, portanto, necessária uma nova abordagem.

Madhusudan Rao: Encontrar as melhores e as mais recentes garrafas para reciclar o vinho velho. O objectivo final permanece o mesmo, mas o desejo é alcançá-lo por caminho melhor.

Kurt Nahikian: Quando uma nova abordagem é aplicada a um problema antigo e que trás mudanças profundas e duradouras no seu comportamento, estamos perante um resultado de inovação

Bill Flynn: Inovação é a criação de soluções para os problemas que têm exigências opostas.

Necessidades desconhecidas pelos utilizadores
Esta é uma abordagem clássica de inovação. Rege-se muito pelas linhas de pensamento de Clayton Christensen "trabalho para ser feito". O termo aqui é "utilizadores", as necessidades desconhecidas podem ser para os clientes, bem como para outras pessoas num sistema ou cadeia de valor.

Mike Dalton: É o processo de organização e localização rentável de atender às necessidades não correspondidas do mercado.

A Davies Michele: A criação de novos produtos ou serviços que oferecem valor aos meus mercado de uma forma ou de outra, e que faz uso dos meus recursos existentes.

Uday Pasricha: Algo é inovador quando cria valor acrescentado tangível para o seu utilizador, mediante a sua utilização, desperdício ou desconhecimento dos recursos.

Hans Haringa: Inovação: 'algo' utilizado por "alguns", reprovado por "muitos" ao longo do tempo, mas aceite por todos.

Ellen Weber PhD: Uma invenção ou intervenção - que mostra e evidencia uma solução de valor, apoio nas tomadas de decisão, e que ofereça benefícios mútuos para uma comunidade mais ampla – de pessoas que têm ideias através diferentes em campos semelhantes.

Saker Ghani: Eu gosto da definição utilizada pelos professores Christian Terwiesch e Karl T. Ulrich no seu livro Torneios de Inovação: “Um novo jogo entre uma necessidade e uma solução”.

Dick Lee: A entrega excepcional ao cliente é um dos factores mais importantes na cadeia de valor.

Hutch Carpenter: A mudança de uma oferta de produto, serviço, modelo de negócios ou operações que melhorem significativamente a experiência de um grande número de interessados.

Link: http://su.pr/2ERBmc

2 Comments:

Blogger Braga said...

No sentido de se cimentar um conceito suficientemente abrangente e comum, devemos recordar a definição apresentada pela Comissão Europeia, no livro verde sobre Inovação (1996), no qual assume que:
“Inovação é o sinónimo de produzir, assimilar e explorar com êxito a novidade, nos domínios económico e social”.
Inovar é assim:
Renovar a alargar a gama de produtos e serviços dos mercados associados;
Criar novos métodos de produção de aprovisionamento e de distribuição;
Introduzir alterações na gestão, na organização do trabalho; bem como nas qualificações dos trabalhadores.
Tipos de Inovação:
1. Inovação de conceito
2. Inovação de processo
3. Criação de Marca
4. Aperfeiçoamento gradual
5. Reorganização tecnológica
6. Reformulação
7. Inovação de serviço
8. Inovação de design
9. Inovação de embalagem
Classes de Inovação:
1. Inovação Incremental
2. Inovação Distintiva (WC Pato / Banco Sete)
3. Inovação revolucionária (disruptiva) (Via Verde)
Natureza da Inovação:
1. Inovação de produto
2. Inovação de Processo
3. Inovação de Procedimento
Relação entre Criatividade, Invenção e Criatividade:
Criatividade: É o produto do génio humano, enquanto gerador de novas ideias, conceitos ou teorias.
Invenção: É uma ideia, um esboço ou um modelo para um produto, processo ou sistema, mas que ainda não existe no mercado.
Inovação: É produzir, assimilar e explorar, com êxito, a novidade.
No Manual de Oslo, que é uma publicação conjunta da OCDE e Eurostat, encontrarão directrizes para a coleta e interpretação de dados sobre Inovação.

9:25 da tarde  
Blogger Editora said...

Olá,
Gostaríamos de receber o e-mail para contato do dono do site ou responsável pela área comercial/marketing para enviar uma oferta de conteúdo e produtos gratuitos para os usuários de seu site. E também, remuneração que ajudará o seu site a ter retorno financeiro e aumentar suas visitas. Favor enviar o e-mail de resposta para: roberto@editoraquantum.com.br
Atenciosamente,
Roberto Lion Motta

Editora Quantum – Revista VendaMais
www.editoraquantum.com.br

6:40 da tarde  

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home