quinta-feira, março 18, 2010

REAL MEN WEAR SKIRTS

http://www.ruadebaixo.com/real-men-wear-skirts.html
por Bruno Brazão

Curta. Comprida. Mini. Folhos. Lapis. Kilt... Todas estas e muitas mais palavras caracterizam uma saia. Mas será a saia apenas um símbolo feminino? Ou haverá mais alguém para partilhar da mesma simbologia?

Para muitos a saia é sinonimo de mulher, e certamente a peça do vestuário feminino mais usada. Por outro lado é também sinónimo da libertação sexual dos anos 60. Mas a história desta pequena peça é muito mais antiga do que se possa pensar. Desde a pré-história, onde se usava pele à volta da cintura ao antigo Egipto em que todos usavam saias, passando pelo Império Romano, e pelo exagero da Belle Époque, a saia teve o seu papel em cada época. Por ser fácil de fabricar e pratica de usar, foi a primeira peça de roupa a ser idealizada e muito usada quer pelos homens quer pelas mulheres.

Nos tempos que correm e na cultura ocidental, a saia é uma peça de vestuário típica feminina, usada normalmente por mulheres. Porém existem excepções, como por exemplo o Kilt (Escócia), Caftan (Persia), Dhoti (Índia), ou o Sarongue (países asiáticos como, Indonésia, Singapura, Malásia, Sri Lanka), vestuário tradicionalmente atribuído aos homens.

Uma das tendências mais recentes do vestuário feminino, que inundaram as ruas das cidades de todo o mundo foram os Boyfriend Jackets, Boyfriend Jeans, Boyfriend Shirts, ou seja, mulheres vestidas com roupa de homem, mas desenhada para elas. Um estilo masculino, mas ao mesmo tempo muito feminino, não passando despercebidas aos olhares dos mais desatentos.

E o reverso da moeda toca desta vez aos homens: usam saia. A peça que na cultura ocidental está associada ao universo feminino.

Não falo que os homens vão usar a saia das namoradas ou das mulheres, porque apesar do carnaval estar a chegar estamos a falar de tendências. E a verdade é que os estilistas já começaram a trabalhar para que em breve os homens usem saias feitas exclusivamente para homens.

A provar o interesse dos designers pela saia masculina podemos ver a apresentação do desfile de Jean-Paul Gaultier, em 2006, na semana da moda em Paris, na qual apresentou vários modelos de saias para homem, começou-se a tentar introduzir esta peça no vestuário do homem. O que é certo é que não houve adesão, muito por culpa da sociedade em que vivemos onde o preconceito pelo que é “diferente” é uma constante.

Até agora os homens consideram esta ideia fora do comum, mais do que usar calças ou calções em público seria transgredir o seu estilo de vida, e até um constrangimento social. A razão principal para isto acontecer, é o facto de muitos homens, que até gostariam de vestir saia, serem vistos e etiquetados pelos olhares dos outros como homossexuais. No entanto, o mercado da moda tem necessidade de mudar, que apareçam coisas novas e esta seguramente vai ser umas das próximas grandes tendências do vestuário masculino e os olhares “críticos” vão deixar de fazer sentido, porque os homens de saia podem transmitir masculinidade, independentemente da sua orientação sexual.

É preciso deixar claro: a tendência não são saias femininas, são projectos coerentes e pensados para uma silhueta masculina. Embora esta corrente ainda não seja uma tendência nos dias que decorrem, as saias, kilts, sarongues, entre outros, continuam a ganhar popularidade fora das passarelas.

Há quem diga que quem não deve não teme. Assim, podemos concluir e afirmar que, excluindo as mulheres, só os verdadeiros homens poderão usar saia. E tu, enquanto a tendência não chega a Portugal, vai abrindo os horizontes e…EXTEND YOUR MIND!

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Cool...:))

Tema bastante interessante, por acaso até gostava de ver por aí Homens de saias. Só faltava saber se o Luis aderia...:)))

10:44 da tarde  

Enviar um comentário

Direccione-me

Criar uma hiperligação

<< Home